Opiniões sobre 2012 e perspectivas para 2013

Devido ao sucesso que foi o ano passado o artigo/entrevista "Opiniões sobre 2011 e prospectivas para 2012" o HipHopWeb decidiu voltar a fazer as mesmas perguntas a vários artistas Tugas.

1 - Como resumes o ano de 2012?
2 - O que destacas este ano?
3 - Alguma novidade da tua parte para ano novo?
4 - O que achas que poderemos contar para 2013?
5 - Queres deixar uma mensagem?

Eis as respostas de mais de 60 pessoas que tiveram a gentileza de nos responder.
Artofghetto, Berna, Black Mastah, Bruce Riscow, Bskilla, Buli 2B, Capicua, Dizzy, DJ Casca, DJ Link, DJ Ride, DJ Spot, DJ StikUp, Dom Rubirosa, GI Joe, IV, J-Cap, J-Cool, J-K, Jimmy P, Kamões, Karlon, Keso, Kosmikilla, Krazye Loko, Kristoman, Lagaet, Madkutz, Marcos Best, Mascote, Max Oliveira, Melo D, Minus, MK Nocivo, MrDheo, Mundo Escuro, NBC, Né, Nitron, Nocas, Paulo Pinto, Poeta de Rua, Porte, Perez, Rafi, Rato 54, Rost, Royalistick, Sagespectro, Sentinela, Simple, Sir Scratch, Skala, Speg, Spitz, Stereossauro, Stray, Tranquilo, Valete, Virtus, Viruz, Wuser, Xizini Da Shorty, Youthone e Zero.

 

Artofghetto

Artofghetto

1 - Epá o ano de 201 no meu ponto de vista foi muito bom a nível de novos trabalhos e novos artistas também, acho que se fizeram coisas ótimas sim...
2 - Este ano de 2012 sem dúvida destaco o álbum renascer e sem dúvida, apesar de ser a minha linha da Artofghetto acho que conseguimos atingir um nível superior ao hiphop que se faz em Portugal...
3 - Epá para o ano novo acho que desejo o mesmo que toda a gente, paz amor e muita união, acho que o hiphop na tuga precisa disso, existe muitas guerras entre artistas.
4 - 2013 acho que vai ser um bom ano para o hiphop em Portugal, apesar de muitas organizações se basearem só em expandir o básico , acho que se devia dar mais asas a novos artistas , porque temos muitos bons artistas em Portugal ... mas... já se sabe como tudo trabalha ne ...
5 - Epá a única mensagem que posso passar é que se de mais valor ao que se faz em Portugal... e que o ppl não apoie só através da net ... porque os artistas não se alimentam disso ... comprem mais álbuns .... apoiem mais a boa musica portuguesa .... de resto um bom ano para todos.

Berna

Berna

1 - O ano dos pseudorrevolucionários.
2 - O excesso de comunicação.
3 - Irei lançar um novo disco...a maioria não vai curtir o que é sinónimo de qualidade.
4 - Com muita publicidade enganosa.
5 - Agradeço a pergunta mas prefiro que a minha música fale por si, é para isso que serve o rap!

Black Mastah

Black Mastah

1 - O ano de 2012 foi um ano recheado de coisas boas...vamos deixar a negatividade Uma vez por todas. Chullage trouxe um Ep Magnifico, Sir Scratch com novo álbum, Regula is back, Nokas Infinito, Jimmy P. os Raw Sampler e novos Gatos ai na área a representarem bem: Grognation, Prod JB, o L, o Jepe (com o Seu Ep clássico)...e muito mais...
2 - O maior Highlight vai talvez Para o concerto do Valete em Lisboa e no Porto. Porque se formos a ver bem...aquilo foi algo muito bom pra todos nos.
Este ano destaco também Brain e o seu projeto Brand New Bag. A lembrar também os Diatribe.... um grupo que ainda vai dar muito que falar.
Ah!...Sem nunca poder esquecer o Paulo Pinto e os seus tropas da Vicious … que estão a levar o hip hop Para outro nível...a organizar concertos de Grande qualidade.
3 - Sim. Eu vou lancar um Ep (Ep esse que fui gravar propositadamente em Portugal, shout to my Fast Food Click)...tou contente com o resultado. E vou trazer aquele Black Mastah que o people gosta. Hehehe.
Ah... o EP chama-se "As Luzes da Cidade".
4 - 2013 o mundo não acabou. Isso 'e Uma certeza.... NBC vem ai, Aquanautas (projeto de Black Mastah & Reffel1) vem ai, outros projetos a serem preparados vão surgir...Lets work everybody.
5 - A mensagem que deixo 'e que o hip hop português e muito mais do que beefs desnecessários e intrigas sem sentido. 
Eu quero acordar amanha e saber que o Rap Português se encontra Fresco e de boa Saúde. Abraço a todos.
Big up pra HipHopWeb.

Bruce Riscow

Bruce Riscow

1 - O meu ano de 2012 foi um ano de muita aprendizagem e de esclarecimento de dúvidas, sejam elas em relação ao mercado em que estou inserido (oportunidades, dimensão) sejam elas a nível pessoal e profissional.
2 - Este ano há imensas coisas a destacar principalmente a nível nacional, o aparecimento de rappers ALGARVIOS (FINALMENTE) em ambientes mais sérios, como Kristoman e Sacik Brow, Point View no PORTO está a trabalhar de uma forma nunca antes neste movimento, Jimmy P!! com vários singles todos eles acima da média, Mixtape Condenados ao Sucesso Kosmo e Malaba, e claro o grande concerto no Campo Pequeno.
3 - Este ano tirei um tempo para investir de forma diferente na cultura hiphop e passei um ano a realizar festas "Nu Groove Jam Sessions", por isso volto ainda antes de 2013 com um single " IM BACK" entre o natal e a passagem de ano, se tudo correr como planeado. Visto que a minha primeira mixtape saiu o ano passado pela mesma altura, pode-se dizer que está a correr no ritmo certo. :)
4 - Em 2013 podem contar com um Ataque Soviético do movimento ALGARVIO sem dúvida, há muita gente a mexer-se bem.
5 - Família, paz... precisa-se...mas nunca houve guerra, sempre houve preguiça, e... não se rendam a títulos, se só pode haver um king! Work work work Im back

Bskilla – 12 Makakos

Bskilla – 12 Makakos

1 - Ano bastante importante para o hiphop tuga, e com uma notória evolução dos aspetos de qualidade, variedade e técnica seja de Mc’s b boys Writters, Dj’s e Produtores. 
Lancei o álbum ( R )Evolução no final de 2011 e durante o ano de 2012 saíram alguns videoclips, entrevistas ,shows juntamente com a minha krew 12 Makakos; para além de concertos em várias regiões da tuga, tive concertos em Angola.
2 - Existem muitos projetos que gostaria de destacar, não desvalorizando o excelente trabalho de todos os membros da comunidade hiphop tuga que tanto contribuíram para o enriquecimento da cultura. 
Destaco o álbum “Rapressão” do Chullage e o “Momento da Verdade” do Jimmy assim como todo o sucesso e buzz criado. 
A Nível da crew 12 Makakos gostava de destacar os concertos com todas as vertentes do hiphop em cima do palco (“Rap é algo que eu faço – hiphop é o que a nossa crew vive no dia a dia e em cima do palco - 12M 4 Life”).
Destaco também as fontes de comunicação, sites, blog’s e “trampolíns” de informação da cultura hiphop pelo excelente trabalho que têm feito: HipHopWeb, HipHop Sou Eu, H2tuga e todos aqueles que não mencionei.
3 - Novos vídeos, novas tracks, concertos e continuação da preparação do segundo álbum.
4 - Ainda mais sangue novo, novos estilos, grandes álbuns, grandes eventos de hiphop, muitos show’s com artistas nacionais e internacionais, novas fontes de informação e muito Skill. O Hiphop Tuga está a crescer em todos os aspetos e com isto podemos contar com uma grande evolução se conseguir-mos crescer no colectivo.
5 - Mando um big Up para o sangue novo e “Freshhh” que está a surgir e a fazer a sua afirmação dentro das vertentes do hiphop. Persistência, mais qualidade, coragem, principalmente nesta fase que o mundo atravessa, em que as mensagens que vamos lançando através na nossa arte, começam a ser confrontadas com a realidade e a ganhar mais credibilidade no mundo das “massas” (o que descreve melhor a realidade em que vivemos do que o rap?!). Nunca desistas mano, aprende e investiga!! Porque hoje podes ser um toy, mas amanha podes ser um grande professor como o KRS ONE e contribuir para a educação dos filhos dos outros.
Procurem sempre fazer o vosso contributo para a nossa cultura com o máximo de qualidade e de amor.
PAZ.

Buli 2B

Buli 2B

1 - Muito bom teve muitas festas de qualidade e o rap a crescer com muita qualidade. 
2 - Que venham mais festa como rolou esse ano.
3 - Sim tou a trabalhar em algo novo e espero conseguir lançar esse ano que vem.
4 - Muita coisa nova e espero contar com mais espaço para todos.
É nois mo vei muita força a todos 2013 pra arrebentar com tudo... 
5 - Força família...abraço

Capicua

Capicua 

1 - Para mim foi um ano de muito trabalho e muito recompensador. Lancei o meu primeiro álbum (em Fevereiro) e dediquei-me sobretudo à sua promoção. Dei cerca de 30 concertos ao longo do ano, produzi e divulguei 2 videoclips e depois de meses de feedback muito positivo em relação ao disco, foi uma grande vitória ficar em 2º lugar na lista de melhores discos nacionais do ano da Revista Blitz. Além disso, nos últimos meses, dediquei-me à preparação do meu próximo trabalho!
2 - Sem dúvida a vitória pessoal que consistiu o lançamento do meu álbum (“Capicua”), porque marcou o meu percurso e ditou o rumo para os meses seguintes. Mas no geral, devo dizer que foi um ano muito positivo para a música portuguesa e também para o Hip Hop, com lançamentos e concertos de grande qualidade (destacando-se, na minha opinião, o álbum do DeauRetiessências, a festa do “Ser Humano” e o concerto de Dilated Peoples no Hard Club e, finalmente, a grande apresentação do Valete no Campo Pequeno). 
3 - Sim, muitas novidades! A segunda parte da minha Mixtape, desta vez com beats do Kanye West (“Capicua goes West”), disponível para download gratuito já em Janeiro num site pessoal que estou a preparar, onde vou disponibilizar toda a minha discografia até à data e os principais conteúdos que fui colecionando ao longo deste ano intenso! 
E, se tudo correr bem, um álbum com um feeling mais acústico para depois do verão, com versões de alguns sons meus já editados e algumas músicas inéditas (que estou a construir, muito bem acompanhada pelo Mistah Isaac e pelo D-one)! Para além de várias participações e dos concertos, claro!
4 - Da minha parte podem contar com muito trabalho e com música nova, mas em geral, acho que vai ser um ano muito importante para Hip Hop português, já que se avizinham grandes novidades (como o tão esperado “Homo Libero” do Valete, o “Gancho” do Regula, o álbum novo de beats do Sam, o novo disco do Deau, de Dealema, do Bob, do Nerve e do Keso, etc.)! 
5 - Antes de mais, quero agradecer a toda a gente que me apoiou este ano, que ouviu o meu álbum, foi aos concertos, mandou mensagens, etc.! Foi um ano muito importante para mim e depois de tanto tempo a trabalhar no disco, o melhor é mesmo partilhá-lo com vocês! Sentir o vosso carinho faz com que todos os sacrifícios valham a pena! Depois quero agradecer também a todas as plataformas de divulgação (sites, revistas, blogs, etc.) que promovem o Rap português: Obrigada pela força e pela vossa dedicação! E finalmente, quero dizer que o disco continua disponível gratuitamente em www.optimusdiscos.com e que, muito em breve, vão poder sacar a mixtape “Capicua goes West” no meu site pessoal (ainda em construção)! Basta ficarem atentos em www.facebook.com/capicuarap e as novidades vão aparecendo!

Dizzy

Dizzy – Som Mudo

1 - Um ano complicado para todos em geral, de decisões importantes a nível pessoal, um ano de reflexão e crescimento!
2 - No que diz respeito à cultura hip hop e a nível pessoal, o começo do meu disco a solo.
3 - O álbum sairá de uma vez por todas, há um ano atrás julguei que veria a luz do dia em 2012, infelizmente ou felizmente isso não aconteceu, tudo a seu tempo mas podem contar!
4 - Mais do mesmo... coisas boas e más como já é hábito... muitos concertos/festas, muitos trabalhos, muita tinta há-de correr...
5 - Faço um copy paste do ano anterior. Continuem o ótimo trabalho, divulguem o rap/hip hop nacional de valor, apostem, comentem e façam a informação chegar ao maior número de pessoas possível, os artistas esses, hão-de colaborar no mesmo sentido.
Bom trabalho e boas festas! um abraço.

DJ Casca

DJ Casca - Partícula 

1 - O ano de 2012 foi produtivo em particular porque tive a oportunidade de lançar a mixtape Conceito Clássico com o Mc Zero e tem corrido bem a aceitação do publico e temos tido a oportunidade de a levar a várias cidades.
2 - Este ano destaco as excelentes iniciativas que se têm feito pelo país a nível Hip Hop nomeadamente no Hard Club com grandes concertos de artistas Portugueses e Americanos. No que diz respeito ao plano do hip hop Português destaco o álbum de Virtus, o Regresso ao Futuro de Mind da Gap e os incontornáveis DLM pelas suas performances ao vivo e também de destacar o percurso de Rato 54. Também gostaria de deixar um destaque para os Cave Real, Ligasom 253 e Vance no que toca ao movimento Bracarense.
3 - Entro em estúdio em Janeiro com O Mc Zero e Relax dos Quartel 469… decidimos juntarmos para um álbum, para breve novidades.
4 - Se continuar com nível de 2012 será ótimo, se subir a fasquia melhor será.
5 - Um Bom Natal e um próspero 2013 com muito Hip Hop.

DJ Link

DJ Link

1 - O ano de 2012, para alem das dificuldades obvias existentes na área da cultura devido aos cortes de financiamento e a extinção do ministério da cultura, continua a existir uma estrutura bastante forte de concertos e actuações ao vivo o que permite o sustento dos músicos, djs, produtores, no entanto 2013 poderá alterar esta situação que por si só já é bastante frágil.
2 - Este ano destaco no HIPHOP nacional os passos dados em frente na consolidação deste estilo musical no panorama cultural português  desde os concertos importantes que aconteceram até aos próprios media independentes ou outros, online ou em formato físico que permitem a divulgação tanto de novos artistas como trabalhos de artistas já estabelecidos
 3 e 4 - De momento estou em estúdio a trabalhar em vários projetos, estou a preparar o LongPlay 2, o EP do NBC. Tenho discos novos planeados noutros formatos que ainda se encontram em pré-produção mas que em princípio deverão ser divulgados em 2013/2014. Espero contar também com uma maior profissionalização do Hip Hop nacional e até mesmo noutras áreas da música nacional para que possamos atingir patamares mais altos em termos de produção, discos, concertos, etc.
5 - Espero que a HipHopWeb continue a fazer o ótimo trabalho que tem feito ao longo destes anos e que se mantenha no ativo a divulgar o hiphop nacional durante muito tempo.

DJ Ride

DJ Ride - Beatbombers

1 - Profissionalmente foi o melhor ano de sempre para mim, muitos projetos novos que correram bem, passagem por festivais e o lançamento do meu álbum. Foi também um importante ano para a música urbana e eletrónica, com muitos eventos e concertos importantes.
2 - Concerto de Valete, mais bass music nos festivais e palcos maiores, e pessoalmente o lançamento do meu álbum Life in Loops que me tem ajudado bastante.
3 - Estou a preparar um espetáculo novo, uma nova versão do Pixel Thrasher, novo single, e mais coisas com o Stereossauro, Beatbombers.
4 - Da minha parte, aquilo que falei na pergunta anterior.
5 - Big up a todos os que me têm dado apoio, love you all.

DJ Spot

DJ Spot - The Bigger Banger Theory

1 - 2012 foi bastante positivo para mim a vários níveis. Estive presente em grandes eventos, sagrei me campeão do DMC Tuga e IDA Portugal (team) com The Bigger Banger Theory e marquei presença nas respetivas finais mundiais em Londres e Cracovia... Alem disso fui pai pela segunda vez 
2 - Em primeiro lugar as produções da Yellow Stripe com os Jedi Mind Tricks, Immortal Technique e os Onyx nas quais também atuei a Red Bull BC One Portugal, Internacional BBoy Games e a Raw Circles Europe/Portugal que foram um sucesso. Também tenho de destacar o bom trabalho e esforço de todos os promotores da invicta que contribuíram para um ano cheio de qualidade musical tornando o Porto no epicentro musical do pais.
3 - No inicio do ano estreio o meu programa de radio (DJ Spot Radio Show) na RUM FM e estou também a trabalhar no meu novo show de vídeo intitulado Frame Invasion alem disso uni esforços com o DR KI para organizarmos em conjunto as Move The Crowd Open Jam que vão acontecer alternadamente no PORTO e LISBOA.
5 - Quero agradecer aos meus patrocinadores em especial ao Miro da Maze Streetwear por todo o apoio, Numark, Famous Stars & Straps, Street Spot Distribution e ao HipHopWeb pelo convite.

DJ StickUp

DJ StikUp

1 - O ano de 2012 foi um ano que começou difícil a meu ver, mas que está a acabar bem, da melhor maneira devido ao esforço, empenho e trabalho que tenho feito ao longo do mesmo, eu a título pessoal classifico e considero este ano de 2012, um ano que ficará sem dúvida marcado na minha carreira por dois motivos.
O Primeiro deles foi ter conseguido dar uma viragem na minha carreira de disc jockey a 100%
O Segundo, foi passado tantos anos detrás de projetos que naturalmente me deram bastante projeção, por exemplo como Makongo entre outros mais, conseguir levar para a frente a minha carreira a solo, e trabalhar a solo somente na Dance Scene.
2 - Como referi acima este ano é já de si próprio um ano destacado para mim …ehehe … um ano aonde tive muito mas muito trabalho, trabalhei muito a nível do djing , desde que entrei para o House, aproveito para agradecer a uma das pessoas que me fez entrar para este mundo, Dj Maddox ,que me deu e têm dado muitas luzes, para esta cultura …))
Fiz exatamente o que fazia antigamente nos campeonatos treinar bastante e bastante, mistura, muito mesmo … Isto para hoje poder chegar a uma casa extremamente confortável ,seja ela qual for e em que país for , e por o publico a pedir mais , isso não é fácil , nunca foi , por isso existe tantos passadores de música e deejays tão poucos …
Ouvi uma vez numa entrevista um grande mestre da Dance Scene, um dinossauro autêntico chamado “Eric Morillo” dizer “ Esta arte não é para todos, a palavra DJ é uma palavra muito pesada” e cada vez lhe dou mais razão, á 10 anos que toco e posso te dizer que só após 10 anos é que me apelido a mim mesmo de deejay , é verdade que todos começamos por algum lado ,como eu comecei no Drum n Bass a meter discos em casa do Cruzfader por brincadeira ,depois entrei na minha maior paixão de sempre ,até aos dias de hoje o “Turntablism” e hoje sou um deejay de House Music …Passado 10 anos a viver e a respirar esta arte todos os dias, posso me considerar um artista sempre com os horizontes abertos e um amante de música e desta cultura que é tão difícil e tão poucos a sabem fazer bem…))
3 - Ano novo estarei em a trabalhar em solo Suíço, nomeadamente Lausanne, Casino Montbenon, uma festa organizada por um promotor com que trabalho, Ângelo Fortes (Shumi Love Ent) e será uma noite aonde poderão contar com a melhor House Music, Afro House, Deep Afro, Hip Hop, R&B , enfim uma noite para todos os gostos na companhia de amigos profissionais … 
Meu Party people da Suiça , já sabem uma noite de Final do Ano a não perder ….))
4 - Novidades ,posso dar as presents, porque sabes que isto neste campo a ideia é inovação , estar sempre em constante upgrading … Mas em 2013 tenho 3 radio Shows no ar em rádios nacionais, 94Fm , Nove3cinco , My TopFM (Açores) e vai ser um ano aonde vou por como objectivo principal a produção , já o tenho o feito a meio gás ,muito a meio gás, mas em 2013 vou por mesmo como a minha prioridade , lançar muitos bootlegs e reworks e começar a trabalhar nos originais , vou continuar a trabalhar na agência Encruzilhada Management por quem sou agenciado e a trabalhar em parceria com um colega meu de Estrada de muitos anos, o Wilson dos Makongo, avizinha se um ano difícil mas com muitas parcerias e trabalho.
É nois mo vei muita força a todos 2013 pra arrebentar com tudo... 
5 - Quero deixar um grande obrigado á HipHopWeb, por me ter convidado para esta entrevista …)) apesar de já não estar presente na cultura Hip Hop como profissional, faço dela sempre o meu estar e maneira de viver , nunca renegar as raízes da onde vieste é um grande lema de vida, por ultimo a toda a gente que me apoia desde o dia 1 até hoje, one love estarão sempre comigo , aos meus haters, 1 love igual para vocês todos, são vocês que me dão cada vez mais força para que todos os dias continue a lutar pelo meu sonho …Que é apenas Work for the love of Music & ter skills …Bless!!! StikUp

Dom Rubirosa

Dom Rubirosa – Governo Sombra

1 - Musicalmente, para mim, foi um bom ano. Lancei mais um trabalho, uma mixtape "Trunfos Na Mão", desta vez em parceria com o meu mano Philly Gonzalez (já sabem Governo Sombra, Gov Som!); Tive uma agenda bem mais preenchida que os outros anos todos de rap: mais concertos, mais gente ficou a conhecer o meu trabalho, mais videoclips, mais convites para participações, etc.. basicamente.. mais trabalho!
E por estas razões, mas não só, posso dizer que foi um bom ano!
2 - A quantidade de eventos relacionados com ou de HipHop e mais abertura por parte do público/casas a prestarem mais atenção ao que fazemos e a nos receber.
3 - Sim, o mais rapidamente possível! Aliás, era para ter saído no final de Novembro, mas na vida há imprevistos e agendas pessoais, que podem comprometer alguns compromissos e como tal não gosto de anunciar com muita antecedência, nem o fiz já por saber disto. 
Aproveito então esta ocasião para dizer que o volume 2 da mixtape "A Tua Mãe Curte-me Tótil!"  já está finalizado, agora é tratar de pormenores de lançamento. Poderia falar em mais projectos, mas pelas razões atrás mencionadas, vou aguardar por uma altura mais indicada. O que posso adiantar, é que do meu lado não há "parança"!
4 - Sinceramente, não sei. Estamos a viver tempos muito atribulados, uma era muito volátil.
E nem estou a falar só da crise económica (até porque desde sempre ouço falar que estamos em crise), estou a falar de tudo o que nos rodeia, os nossos comportamentos e a mudança dos mesmos.
5 - Quero aproveitar para agradecer a todos os que me têm ajudado a conseguir os meus objetivos; a todos os que ouvem a minha música e a espalham podendo chegar ao máximo número de pessoas possível; a todos os meus ouvintes, a todos os meus fãs, aqueles que compram o meu trabalho, música ou merchandise, vão aos meus concertos; a todos os promotores de eventos que me convidam para participar e sabem honrar o compromisso.
E por último, mas não menos importante, agradecer à minha família de sangue e à minha família de sintonia!

GI Joe

GI Joe - Tribruto

1 - Passou muito rápido, muitos gigs e muita coisa a sair. Senti uma afirmação de um rap mais trabalhado, mais profissionalismo e cuidado nas cenas que estão a aparecer. Tanto a nível dos que já cá estavam como surpresas novas! Lá fora e cá dentro! 
O rap está a entrar numa cena que curto, com cenas fresh consistentes. Uma linha menos bounce, mais groove (isto é o meu gosto). Claro que nem tudo são rosas mas ... no geral 2012 deu bons filhos. 
A cena da produção e Djs também está com força, isso é muito bom para Portugal!
2 - Brother Ali, Capicua, Deau, Mascote, Deep:her, Tribruto, Madchild, Ride, emmy Curl, Flying Lotus, Foreign Beggars, Frank Ocean, Gramatik, Sean Price, Orelha Negra, Vicelow, XXYYXX, etc...
3 - Além de continuar com deep:her (apresentação do álbum), Bass Avenue, estou para lançar aí umas coisas novas em nome próprio (instrumental) e várias parcerias, entre elas o álbum do Perigo Público, acompanhar os projetos Kimahera e outras cenas que se vão passando e para que sou convidado do Algarve e não só. Espero continuar a pisar muitos palcos! (Tribruto entram para estúdio muito em breve, cenas novas!)
4 - A nível de rap acho que vai ser uma continuação de 2012, cada vez mais cuidado com o produto final. Cenas pensadas, discos com conceito, vídeos bons, boa promoção (pensada). E espero que com boas ideias e groove e musicalidade nesses beats! 
O hiphop deixou de ser atrativo para as massas (pelo menos tanto) então há menos palcos para pisar, mas isso também significa que os que há são mais exigentes e obriga o pessoal a trabalhar mais para preparar um bom live act. Por esse lado é bom. Rebentem com os palcos!
5 - Keep up the good work! Toda a gente. Estão no bom caminho, passou a moda, estão cá os que gostam. Era isto!

HipHopWeb

Hugo Correia - Equipa HipHopWeb

1 - Aparecimento de novos e bons álbuns de antigos Tubarões e verdadeiros mensageiros da palavra, Também em sintonia novos valores aparecem no panorama do Hip Hop Tuga. Existe uma maior diversificação o que para mim é ótimo, apesar de divergências que ouço e leio, penso que existe lugares pra todos.
2 - Novos Álbuns de Chullage, Dealema, Hallowwen.
Destaco também trabalhos individuais de pessoal em ascensão com grande mestria fazem rolar vinis e ouvir ritmos e bits a grande velocidade, entre muitos, Dj Casca, Dj Pierre... Hip hop continua vivo, e o improviso nunca morrerá.
3 - Não
4 - Continuação de um hip hop com letras reacionárias e de crítica nacional.
4 - Que a qualidade nunca seja posta em parte, Cada um faz o seu caminho. Pra podermos dar alguma coisa, temos de ter algo pra dar. Abraço a todos Bom Ano 2013

IV

IV - Crewella

1 - Foi um bom ano, começou a ver-se muito mais dedicação pelo movimento. Muito mais união e isso é bom!
2 - Ta muito mais gente a trabalhar na musica, apesar de uns levarem mais a serio do que outros. Mas tamos ca a combater e a fazer por isto!
3 - Eu tava com uns planos para 2012, não correram como previsto, mas correram bem! Agora é continuar com o semeamos, porque daqui para a frente o trabalho é mais a serio
4 - em 2013 acho que vai haver muito mais novidades do que este ano, ta tudo a trabalhar com bons trabalhos e boas ideias. Nos (Crewella) tamos a trabalhar em algumas mixtapes, já saiu a minha e a do Looney Buni, em 2013 vai ser o Subly e do Pro-phat. É sempre a bulir bro tamos ai.
5 - Quero que o pessoal não se perca e não se iluda, nos fazemos rap, não vamos passar disto, aqui não existe ribaltas mas há muito show off, o pessoal tem de cair mais na realidade, tamos em Portugal, isto não vai longe, mas nos tamos cá a combater!

J-Cap

J Cap

1 - Muito muito produtivo, o resultado disso esta quase nas ruas.
2 - A minha marca de roupa, JEYCAP "eu não tento dou o meu melhor"
3 - Mais uma mixtape pra aquecer antes do álbum, mas desta vez NEW VIBES.
4 - O meu 2 álbum oficial depois do verão.
5 - A inveja e sinal de fraqueza. One...

J-Cool

J-Cool

1 - Foi um ano bastante produtivo
2 - Bem como sou produtor/beatmaker tenho a destacar a Urban Beat Battle, foi algo de outro mundo mesmo.
3 - O meu primeiro Ep, mais vídeos de beatmaking e mais sons com o selo "J-Cool"
4 - Trabalhos com cada vez mais qualidade e "crise"... essa gaja não nos larga...
5 - Hard Work Pays Off!

J-K

J-K - Monster Jinx

1 - Desde que me lembro, este foi o pior ano de sempre. Por outro lado consegui uma foto com Lil B. Por isso foi o melhor ano de sempre.
2 - O Twitter. Por causa do Papa e do Pakiko MC. E o fato de tigre do Tiago Lessa. Não houve mais nada de especial. O El-P fez um grande álbum e aesop rock também. E nós não ganhámos o Euro.
3 - Vou tentar lançar o meu álbum. E arranjar uma vida também.
4 - Com nada. Isto está lixado, a crise, os haters, o preço do tabaco. Não contem com nada, muito menos comigo.
5 - Podem todos ir ao meu bandcamp e pagar um euro pela minha mixtape? É só um euro. Por outro lado, força malta do HipHopWeb e sites e blogues em geral que assumem esta chatice de documentar o pessoal do rap. Obrigado por me considerarem para a amostra. Não abusem na fast-food.

Jimmy P

Jimmy P

1 - Um ano incrível! Muito trabalho, muitos concertos, muita recetividade por parte do público, coisas grandes a acontecer. Desde que faço música foi o melhor ano para mim.
2 - Duas coisas que destaco:  ter tido a possibilidade de tocar em Festivais grandes, experiências inesquecíveis! E o concerto do Valete no Campo Pequeno. Foi 'épico, histórico, e representa um ponto de viragem na música urbana e alternativa em Portugal.
3 - O meu álbum, finalmente!! Consegui reunir as condições necessárias para fazer um disco como eu queria. Março 2013 se Deus quiser!
4 - Mais dificuldades! Mais austeridade! Temos de ser proactivos e empreendedores! Este não 'e o momento de baixar os braços!
5 - Queres deixar uma mensagem? Agradecer a HipHopWeb pelo apoio incondicional ao meu trabalho, e mandar um grande abraço a todo pessoal que me tem apoiado por esse mundo fora! Tamos juntos! Love and blessings!

HipHopWeb

José Barbosa - Webmaster HipHopWeb

1 - 2012 está a ser um ano muito entretecedor para muita gente, com esta situação que todos acham crise e que o estado aproveita para nos "roubar". Contudo, e destacando a música, que é o que nos trás aqui neste momento, acho que foi um ano produtivo com muitos bons álbuns a serem lançados.
2 - O Lançamento do novo site do HipHopWeb claro. 
3 - O futuro o dirá :)
4 - Mais álbuns, cada vez mais em formato digital.
5 - Continuem a apoiar o movimento e a aparecer nas festas.

Kamões

Kamões - Fim da Linha

1 - O ano de 2012 foi um bom ano a nível de Hiphop, saíram bastantes projetos com qualidade e tivemos eventos jamais antes vistos em Portugal, em resumo penso que o Hiphop deu um passo em frente.
2 - Este ano tenho que destacar todos os que apoiam este movimento a todos os níveis, mas destaco o evento no Campo Pequeno, foi algo inédito e destaco também o trabalho da Vicious.
3 - Sim, no princípio de 2013 vai sair o meu 3º Álbum a solo.
4- Espero que possamos contar com ano repleto de eventos, álbuns, mixtapes, novidades em todas as vertentes e espero que haja mais união e que apareçam novos talentos, espero que 2013 seja mais um passo em frente para o Hiphop Português.
5 - 2013...BloodyMask is watching you...

Karlon

Karlon - Nigga Poison

1 - O ano 2012 foi muito bom muitos mcs da nova escola a representarem o movimento com muita força.
2 - O que destaco este ano e o mega concerto do Valete foi histórico apesar de não poder ter ido mas sinto como que estivesse la...que venham mais concertos assim.
3 - YEP Vou estar com um video novo e penso realizar mais vídeos,o meu álbum "Nha Momentu" vai estar nas lojas em portugal e em cabo verde apesar de algum atraso.
4 - O que podemos contar com 2013 vai haver mais mcs da nova escola em grande destaque visto que nos últimos tempos o rap tem sido uma forma de vida de muitas pessoas mas gostava que muitos mcs editassem discos físicos não só para o download e que façam vinil para os djs e gosta de ver mais iteração entre mcs e djs o que tenho visto pouco ou quase nada.
5 - Quero deixar esta mensagem que o pessoal do movimento faça musica positiva porque afinal e disso que o rap se retrata que guardem os beffs no congelador, e que os tirem para comer a eles próprios (gozo) que tragam muita magia como a minha geração de 2001 que foram editados muitos clássicos.

Keso

Keso

1 - Foi um ano muito melhor que o previsto para o panorama do Hiphop nacional. Bons discos saíram e grandes concertos aconteceram.
2 - O aparecimento do Virtus e do Minus. Também foi bom ver os M.A.C e o Scratch voltarem aos discos.
3 - Sim, o "Raios te Partam" comemora 10 anos e no âmbito já estou a preparar algo relacionado. Tenho também umas ideias para gravar e pode acontecer ainda antes do verão.
4 - Estou a espera que a situação do país não se venha a refletir diretamente na situação do Rap Nacional. Estamos em crescimento e a solidificar muito bem a nossa soberania.
Não podemos desmotivar e se o povo anda em baixo esta é a altura em que mais que nunca o Rap faz sentido. Tem tudo para ser um ano em grande.
5 - Quero. Sejam felizes e não percam tempo com idiotices.

Kosmikilla

Kosmikilla

1 - Para mim fui 1 ano de trabalho de casa.
2 -Hallowen.
3 - Um novo trabalho.
4 - Uma nova mixtape.
5 - Hiphop di guetto ka ta morri.

Krazye Loko

Krazye Loko

1 - Este ano de 2012... Até que não foi mau como pensei que ia ser, abriu portas para muitos concertos de norte a sul e a oportunidade de propagar a mensagem. Venham mais, nem a crise nos para!
2 - Destaco os imensos trabalhos que tenho vindo a fazer, visitem KrazyeLoko.net
3 - O ano novo é sempre a produzir, pra’lém de quantidade sempre com qualidade...
4 - Contem com muitos concertos, muito vídeo clip e é a fazer subir o movimento.
5 - Sim, em quatro simples palavras: Sê real e consegues.

Kistoman

Kristoman - Tribruto

1 - Bem o ano de 2012 foi super positivo para a minha carreira a solo e não só, com Tribruto conseguimos pisar palcos de Festivais, Semanas Académicas e o Hard Club entre outros, a mixtape "Moços Marafados" foi sem duvida um projeto de grande realce para a banda além dos vídeos e parcerias como a de Sagespectro na faixa "HellsKitchen".
A solo consegui finalmente começar a criar a dinâmica que sempre quis, algo mais consciente e pessoal como a faixa da Mixtape "Contra Cultura" do irmão Valete, a "For you" e algumas participações de peso, quero continuar este registo a solo, fugir um pouco dos punchlines de Tribruto, Kristóman é Kristóman Tribruto é Tribruto.
2 - Este ano destaco sem dúvida a experiência que ganhei pela estrada e os amigos que fui fazendo, existe pessoas humildes e trabalhadoras neste HipHop Tuga, pessoas que gostam de fazer acontecer e esse é o meu slogan.
A faixa da Mixtape "Contra-Cultura" foi sem duvida o ponto mais alto que sublinho neste 2012, agradecer ao Valete que há 10 anos era impensável receber um convite destes, aliás são sonhos que vamos realizando, mas sem duvida destaco o sucesso deste ano a quem me acompanha e ajuda, sem eles não era ninguém, eles sabem quem são.
3 - Bem da minha parte podem contar com mais e mais, irei lançar o meu álbum juntamente com o produtor RandyOne que ficou a cargo de todos os instrumentais, "Charnecos" conta com participações em todas as faixas de mc’s e músicos Algarvios, 14 faixas com diversos temas algo que queria fazer há imenso tempo, Tribruto 2 também é para sair em 2013, claro isto tudo acompanhado sempre com vídeos, e já tenho algumas participações gravadas com o irmão "Fuse", Quartel 469, Lancelot etc.
A [Enter]View que é um projeto nosso também é para continuar a surgir em formato de entrevistas e vou querer lançar um pequeno EP de Kristóman mas uma cena totalmente diferente de RAP com o nome de "Supa Dupa Flow Yeah", vai ser fire.
4 - Bem como já respondi sobre mim na pergunta anterior respondo sobre o que poderemos contar no hiphop Português em geral.
Eu acho que o HipHop cada vez mais está a ficar melhor já existe aquela linha que separa o bom do mau e isso é bom, as pessoas já se preocupam em procurar qualidade e profissionalismo, penso que a nossa cultura neste momento já está em pé de igualdade pelo país todo, algo que lutamos há anos pelo Algarve e 2013 vai ser um 2012 5% melhor em termos de musica, a nível de espectáculos penso que irá ser mais reduzido apesar de achar que a culpa é nossa porque gastamos em merdas desnecessárias e depois se vem dizer que não há, haver há mas só os puros é que andam a puxar a carroça e só esses irão ser recompensados.
5 - Quero, pessoal sejam unidos e procurem inovar sempre, procurem a competição saudável, não critiquem sem sentido porque as coisas têm sempre uma explicação, é importante que se vá a concertos, que se comprem álbuns como é importante que se faça bons álbuns também é verdade, mas tudo depende de todos e todos somos capazes tudo.

Lagaet

Lagaet – Momentum Crew

1 - O meu ano 2012 foi muito cheio !
Tive praticamente todos os fins de semana num pais diferente a representar Momentum Portugal (Rússia, Itália, Áustria, Croácia, França, Eslovénia, Espanha, Estónia, Ilha da Reunião, Açores, Varias ilhas das Caraíbas etc ...) Tanto como júri, para espetáculos e também para batalhar. Ganhei a maioria dos eventos em que participei o que me deixa feliz e satisfeito por ver que o trabalho e dedicação resultaram.
2 - Foram tantas coisas ..
A nível de batalha destaco a minha vitória na RAW CIRCLES mundial 2vs2 com o Bruce.
A nível de espetáculo destaco o mês que passei na Rússia a atuar num show de 2h em dois teatros.
 e 4 - Claaaaaaro !! Varias novidades 
- Projeto Momentum e Ricardo Pais, um espetáculo que vai estrear no teatro viriato, também devemos de atuar no teatro nacional São João.
- Um mês na Austrália a atuar no opera house 
- E claro o EUROBATTLE a não perder com os 10anos dos Momentum
5 - Quem quiser aprender a dançar, estão convidados a aparecer na MOMENTUM DANCE STUDIO Rua Santa Catarina 447.

Lancelot

Lancelot

1 - 2012 foi um ano equilibradíssimo para mim, onde aproveitei o bom momento familiar para traçar novos objetivos, e apesar das dificuldades e incertezas causadas pela situação sócio financeira do País posso dizer que consegui obter tudo o que precisava para definir 2012 como um ano medianamente bom a nível pessoal.
2 - No plano musical destaco o lançamento Álbum Ponto de Vista e também do meu EP Lance-Livre.
3 - Podem contar com o meu regresso num projeto independente e sempre com o selo da Home Makers e em parceria com o Scotch: A tape Lance-Livre(alter ego) Vol.2, esta é a novidade da minha parte.
4- Temos de contar com tempos difíceis...
5- Um abraço de paz para todos aqueles que são honestos nos seus sentimentos e nas suas ações! Muita força para os guerreiros e guerreiras que diariamente batalham para fintar as dificuldades económicas e não só! E vivam a vida de coração limpo...One Love!

Madkutz

Madkutz 

1 - Positivo! 
2 - MCs: Sacik Brow, Kristo & Mascote, o Algarve está a lançar novos diamantes a toda a hora! Deau, excelente ano. Jimmy P e a sua Team, tanto na música como em imagem, sabem o que querem. O álbum do Chullage! Na produção, o producer J-Cool, tão novo e já cheio de vibe, vontade de trabalhar, tremenda qualidade, noção de mistura/sonoridade e originalidade. DJing - Shoutout ao DJ Nucleo, Campeão!! Na Internet, a Andreia Quaresma tem feito um trabalho fenomenal a lançar novos talentos e a criar condições para os mesmos. E claro a HipHopSouEu com as novas iniciativas para elevar a fasquia. 
3 -Participações em projetos de outros artistas.
4 - Mais álbuns, mais websites, mais projetos que dinamizem o hip-hop português.
5 - Saúde e sucesso para 2013!

Marcos Best

Marcos Best

1 - Um ano em que muitas portas foram abertas, muitos artistas "new school" afirmaram-se com trabalhos bem consistentes, tanto no rap em português como no criolo! um ano de afirmação para mim, apesar de muita coisa menos boa o verdadeiro hiphop em Portugal está no bom caminho!
2 - O regresso do rap de intervenção e como não pode deixar de ser o álbum e as intervenções do irmão Chullage!
3 - Este novo ano prometo alguns vídeos novos e alguns temas em formato acústico, muitos concertos e intervenção, o que vier a mais que isso é bem vindo!
4 - Rap de luta e contestação, um ano em que a população Portuguesa vai precisar muito do HIPHOP como forma de luta, protesto e união.
5 - Um grande 2013 para todos sempre com humildade e respeito!!

Mascote

Mascote

1 - O ano de 2012 foi muito bom, foi diferente e especial em relação aos outros anos, por vários motivos, tive bons concertos muito feedback positivo acerca do meu trabalho e sobretudo deu-me muita motivação.
2 - Este ano destaco um novo ciclo, um novo sistema de trabalho, comecei a trabalhar na (VD), uma editora em Loulé "VELHA DIGINIDADE", onde gravei o meu primeiro trabalho a solo, o EP - " Vadio e Vagabundo".
3 - Para 2013 tenho muitas novidades, algumas delas posso já referir outras por enquanto ainda não. Mas posso-vos dizer que vou surgir em alguns projetos que estão para sair em 2013. Como o álbum de Kristóman "charnecos" entre muitos outros que estão a vir.
Se tudo correr como espero, vou lançar vários projetos a solo, com outros rappers a participar e vários produtores do sul ao norte, um vadio e vagabundo volume 2 por exemplo.
4 - Em 2013 na minha opinião vamos contar com ano de muito crescimento no movimento em termos de união e evolução na parte multimédia dos trabalhos. e muitas revelações no HIPHOP Português, principalmente no Algarve, fiquem atentos.
5 - EU poderia deixar aqui mil e uma mensagens sobre o nosso HipHop, mas vou tentar resumir...
Quero vos dizer que me sinto muito grato por todo o apoio que tenho recebido de sul a norte da nossa tuga. na minha visão o sonho comanda a vida, por mais difícil que a vida seja se nós nos focarmos em coisas boas "positivas" e nos "nossos" objetivos, tudo terá um sabor de vitória, e no final das contas sentimos que tudo vale a pena.
Respeitem-se uns aos outros e continuem a trabalhar para que as cenas aconteçam da melhor forma possível. Boas festas para todos, um bom ano para todos os manos e manas desse nosso HIPHOPTUGA.

Max

Max Oliveira - Momentum Crew

1 - O ano de 2012 foi a concretização de um sonho devido às inúmeras vitórias internacionais de todos os Momentum Crew pelo Mundo em vários eventos de Bboying.
2 - O Triunfo supera a Crise.
3 - Sim, Evolução como Ser e como Bboy.
4 - Com muitas dificuldades e por isso temos de estar mais focados em conseguir triunfar e destacar-nos pela qualidade.
5 - Liberdade é o último nível da Arte, sejam mais livres e acrescentem a vossa criação artística ao Mundo com qualidade.

Melo D

Melo D

1 - O ano de 2012 foi o ano da crise. Vi muita gente desesperada e uma depressão terrível a tomar conta de muitos de nós, instituições, trabalhadores etc…. Mas também assisti ás manifestações históricas em que a adesão popular bateu recordes, fazendo assim o poder tremer.
2 - Destaco o concerto do Valete na praça de touros. Seria bom que se mantivesse o hiphop nacional neste nível. Bom saber que concertos de hip-hop, afinal, podem ter um público maior, som melhor e qualidade artística mais ambiciosa, e acima de tudo, conseguir tudo isto, sem grandes concessões.
3 - Geralmente toco sempre no fim de ano em casa particulares, este ano não será exceção.
4 - Para 2013 espero finalmente terminar meu 3º disco como Melo D e editar em simultâneo meu alter-ego EL SOMBRA Y SU QUINTETO FANTASMA. Encontro-me também em fase de preparação destes dois discos e a montar o estúdio onde espero vir a dar aulas de logic , ableton live, protools, e reason. midi básico e avançado, e ainda aulas de teoria musical e instrumento para músicos e….
5 - Gramava que a malta no Hip Hop estudasse musica, e houvessem mais MC’s preocupados em procurar outros caminhos, outras formas de colocar a voz, beats diferentes, bases harmónicas diferentes, flows diferentes, mais diversidade e ambição artística, etc…

HipHopWeb

Mileni Sofia - HipHopWeb

1 - Não tenho muito a dizer por isso resumindo, este foi um ano de muitas manifestações e como não podia deixar de ser, no Hip Hop nacional também se fez notar e muito a crítica, a revolta e o desdém pelas politiquices praticadas no nosso país. Foi um ano digamos "criativamente interventivo" pois surge o "Movimento Tira Nódoas // Manifesto pela Cultura em Portugal" (do qual me orgulho muito pois para além da mensagem forte, os rapazes em questão, são da minha terra) que mal nasceu e logo se tornou viral por estar tanto de acordo com o sentimento de tristeza do nosso povo português.
2 - Para além do já referido Tira Nódoas, o lançamento do último álbum de Minda Gap - "Regresso ao Futuro" - em que a música "O jardim" fez-me reviver os velhos tempos deste "gang".
E a título mais pessoal, o lançamento do álbum "Filho Perfeito" do Pródigo, o qual tenho estado a dar umas pequeníssimas ajudas só mesmo naquela da camaradagem.
3 - Da minha parte de momento apenas posso dizer que estou a tentar criar algo aqui na minha santa terrinha (Quarteira) que traga mais sangue novo para o "nosso lado", mas como o projeto ainda está muito verdinho nem eu sei bem o que possa dizer aqui! 
4 - Ui muita revolta, muita rebelião, muito Hip Hop interventivo, muitas mais manifestações, digamos que será mais do mesmo que se viu este ano, mas com mais força e energia.
5 - Para além de desejar o normal - um 2013 com dinheirinho no bolso para todos nós, quero apenas acrescentar que não nos podemos conformar e que a "luta continua", que mais tarde ou mais cedo iremos sair deste sufoco e então como tal, há que ter força para nos aguentarmos a estes tempos negros!

Minus

Minus

1 - Para mim foi o ano de estreia, com "Distracções", recheado de bons comentários e afetos. O feed back foi extremamente positivo. 
2 - 2012 foi um ano de Universos - Virtus, um ano de Revólver entre as Flores - Keso, foi ano de Vicious Events, Poetry Jam, entre inúmeros outros trabalhos de grande destaque e que em tudo valorizam o HipHop nacional. Foi também um ano marcado a nível de participações e convites que me deixaram entusiasmado.
3 - Podem esperar da minha parte um novo trabalho, "Árvores, Pássaros e Almofadas" , e um projeto de beats (Minus & Virtus).
4 - Com bons trabalhos, bons músicos, boas escutas!
5 - Este é o caminho. Estamos lá!

 

MK Nocivo

MK Nocivo

1 - Ano bastante positivo, tanto em termos de lançamentos como em termos de festas, 2012 foi um bom ano para o Hip-Hop.
2 -- Acima de tudo, as peregrinações ao Hard Club, a criação da Vicious Hip-Hop, Valete no Campo Pequeno, Onyx na Tuga, a grande iniciativa que foi o Ser Humano e os vários lançamentos que ocorreram, entre eles, a minha Mixtape AVC - Ataque Verbal Colectivo
3 - Vou editar uma ultima mixtape intitulada "Por Detrás dos Montes", só com malta residente ou natural da Região de Trás-Os-Montes para dar a conhecer um pouco do que aqui se faz. Após esse lançamento vou voltar a organizar festas e a dedicar-me à produção e criação do primeiro EP do meu grupo, Anomalia. Devemos também editar a mixtape do Ramas e do DJ 90 Cutz.
4 - Penso que haverão muitas surpresas, novos discos, novos artistas, mais qualidade do que quantidade (espero), mas como não sou muito de prever o futuro, são esses os meus desejos para 2013. Muita música, qualidade, união e respeito!
5 - O Hip-Hop não está morto...podem pousar as pás e as botas de coveiro!

MrDheo

MrDheo

1 - Foi um ano difícil mas acho que nas várias vertentes conseguimos mostrar que é possível superar as dificuldades e fazer coisas positivas.
2 - Pessoalmente as viagens. Tive a sorte de conseguir sair várias vezes de Portugal e isso libertou-me e ajudou-me a manter-me ativo e motivado. Em termos gerais destaco o "Ser Humano" no Hard Club - para mim o melhor evento de sempre cá - e o álbum do Deau que trouxe algo realmente diferente e de grande qualidade.
3 - Vou lançar em finais de Dezembro no meu canal do Vimeo um vídeo onde compilo todas as viagens que fiz este ano. Mais novidades só para 2013.
4 - Mais oportunidades de mostrar o meu trabalho lá fora, pelo menos já há alguns convites nesse sentido. Em relação a Portugal as perspetivas são mínimas. O que acontecer acontece mas não espero grande coisa.
5 - Acho importante que se tenha consciência do presente e que se trabalhe e lute o triplo. Temos artistas nas várias vertentes com capacidade para fazer a diferença em muitos aspetos. Não é momento de darmos importância aos haters e aos que por não conseguirem fazer mais se limitam a tentar que os outros sejam menos. Também não é momento para continuarmos a valorizar os espanhóis, os franceses, os americanos e os quenianos. Comprem cd's de Hip Hop nacional, marquem presença nos eventos, apoiem os b-boys e divulguem o trabalho dos writers nacionais. Consumam cultura portuguesa.

Mundo Escuro

Mundo Escuro

1 - Para nós foi um ano de grandes concretizações a nível musical. Lançámos o nosso primeiro EP, em Setembro, intitulado de 'SOS Racismo', tivemos uma excelente aceitação por parte do público e, felizmente, uma grande procura e curiosidade por parte de pessoal no Brasil, Angola, Moçambique e Cabo Verde. Participámos em 3 mixtapes, demos bastantes concertos e conseguimos chegar a vários meios de comunicação que divulgaram amplamente o nosso trabalho.
2 - O ano de 2012 foi, sem dúvida, o ano da nossa afirmação na cultura Hip Hop e de uma grande vontade em chegar a um público mais abrangente. Conseguimos!
3 - Queremos continuar a espalhar a nossa música em todos os cantos do nosso país e, quem sabe, lá fora. Estamos em fase de idealização e preparação de novos projetos e colaborações.
4 - Estaremos dedicados à música, em evoluir e melhorar cada vez mais. Podem contar com um Mundo Escuro cheio de boas energias e com vontade de partilhar a sua música com quem se identificar com ela.
5 - O rap é da rua mas não é só para a rua. O rap é para quem se identificar com ele. Projetamo-nos da Margem Sul para o mundo sendo fieis aos princípios básicos da cultura Hip Hop. No entanto, não alienamos todas as outras influências que nos permitem fazer um rap com mais musicalidade e fluidez. Jamais seremos puristas, somos apenas músicos que amam fazer criar e fazer música.

NBC

NBC

1 - O ano 2012 resume se a festa da Vicious Events e Valete. Em termos de discos Mind da Gap e Scra.
2 - Este ano destaco Loficial. Um puto que anda aí a dar cartas.
3 -- Ep em breve. Janeiro um Ep.
4 - 2013 da minha parte podem contar com muita coisa se Deus quiser.

Né

Né – Barrako 27

1 - Ao que toca a Barrako 27 em particular, foi um ano bastante parado e sem criação, com alguns concertos e eventos, vou dar nota positiva ao ano de 2012 pelo mais gratificante concerto da minha vida ( SERHumano Hard Club 2O Abril ) e também pela realização das Hip Hop Poetry Jam’s, mas em geral foi um ano cheio de cheio de criação de outros artistas e grandes eventos dedicados a cultura Hip Hop.
2 - A onda de solidariedade pelo Gaspar e pelo nosso mano e colega de profissão Fuse (DLM) sem dúvida alguma.
3 - Sim, novo álbum que já tem nome (O Reverso da Medalha) com grandes participações e polémicas pelo meio e espero um ano cheio de concertos no Verão. 
4 - A resposta 3 responde a pergunta, mas acrescento a saída de um videoclip de Barrako 27 que garanto que vai dar que falar mas isso será la pra meados de Marco/Abril, videoclip esse que ate já ta filmado e ta em produção.
5 - A mensagem que deixo pouco muda em relação ao ano passado, Muita paz, muito Hip Hop, muita verdade e união, é isso que desejo para 2013. 

Nitron

Nitron/Tiago Lessa – Godzilla & Chinchilla/Monster Jinx

1 - Um ano que contou duas ameaças de fim do mundo.
2 - A vaga Trap, que uniu o rap à música eletrónica.
3 - Vou tentar chegar a um peso com 2 dígitos.
4 - Prognósticos só no fim do jogo.
5 - Monster Jinx is the illest.

Nocas

Nocas

1 - Penso que foi um ano de muitas novidades por parte de promessas que passaram a confirmações no Hip Hop nacional, bons concertos, bons eventos e contínua expansão do Rap entre os ouvidos portugueses.
2 - Álbuns do Virtus, Capicua e Mind da Gap; Eps do Minus e Simple; Ser Humano: Hip Hop por uma causa, Hip Hop Poetry Jam.
3 - Conto lançar o meu álbum "Auto Cultivo" no final de Janeiro (se tudo correr como previsto) e com muitas novidades à mistura...
4 - Eu acho que 2013 trará, tal como 2012, álbuns de pessoas com muito talento e que irão fornecer outros sabores ao Hip Hop nacional e a contínua confirmação das nossas referências!
5 - Obrigado por se lembrarem de mim e parabéns pelo site, o qual consulto diariamente! Abraço

Kyote

Nuno Kyote Canossa - Equipa HipHopWeb

1 - A nível do Hip-Hop, muito foi feito e muito ainda há por fazer, mas sem dúvida que 2012 poderá ter sido o inicio na cidade do Porto, da marca de capital do Hip-Hop Nacional, em todas as vertentes muito se trabalhou, muito se batalhou, muito se lutou.
2 - Sem dúvida, a quantidade e diversidade de concertos de Hip-Hop que tivemos a Norte, mas o que isto demonstrou foi a comunidade se mobilizar em peso para apoiar este movimento, sendo parte dos responsáveis para o crescimento do mesmo.
3 - Mais pinturas são o que peço a mim próprio, portanto espero prometer e cumprir.
4 - Acho que poderemos e devemos contar com mais evolução, mais dedicação em todas as vertentes do Hip-Hop e mostrar daquilo que somos capazes dando o nosso melhor cada vez mais.
5 - Mensagens deixo isso com o Primeiro-Ministro e o Presidente da República.

Paulo Pinto

Paulo Pinto – Vicious Events

1 - Álbuns, Ep´s, mixtapes, com uma qualidade brutal, nova escola a assumir, velha escola a mostrar que ainda está de saúde e recomenda-se! O Algarve desviou-se a atenção dos mais distraídos, daqueles que diziam que só Lisboa e Porto tinham qualidade, o Algarve marcou presença!!! Novas iniciativas como as noites Poetry Jam, battles de improviso, e ainda mais importante Dj´s a ganhar títulos internacionais!!!!! B-boys a tornar assíduas as presenças nos melhores campeonatos do mundo, e em algumas categorias a ganharem. Graffiters a serem reconhecidos internacionalmente. A minha opinião é que 2012 foi o ano em que o hip hop assumiu-se, que já não é o parente pobre do panorama musical nacional. Estamos fortes, estamos muito fortes e em todas as vertentes do movimento.
2 - Os vários trabalhos de norte a sul do país com uma qualidade altíssima, da “velha” e da “nova” escola, as mais variadas iniciativas, mas sem dúvida nenhuma destaco 3 pontos fulcrais, a força que o hip hop nacional demonstrou através dos concertos SerHumano – HipHop por uma causa, o levar o hip hop nacional pela 1ª vez ao Coliseu do Porto, sem internacionais, no Festival Vicious Hip Hop, e mais recentemente mais uma prova de que o hip hop está bem vivo, com o concerto do Valete, no Campo Pequeno.
3 - Loading . . . 
4 - Por parte dos músicos, tenho quase a certeza que vão fazer a fasquia musical subir, sem dúvidas! Por parte dos apoiantes, estou curioso… se a crise já se notou no bolso das pessoas em 2012, infelizmente em 2013 vai se sentir muito mais… o que é pena, porque apoiar o movimento á frente de um monitor, não é o que os artistas esperam nem precisam para continuar, pois se o pessoal não apoiar o movimento comprando os álbuns ou marcando presença nos concertos dos seus artistas favoritos, vai se tornar complicado, tanto para músicos como para promotores, pois o nível dos eventos com artistas nacionais e internacionais está muito elevado, vamos é ver por quanto tempo…
5 - Boas Festas a todos !!!!  E continuem a apoiar esta cultura!!!

Poeta de Rua

Poeta de Rua

1 - A nível pessoal, considero muito bom e decisivo em alguns pontos profissionais.
2 - Pergunta difícil pois saíram alguns discos importantes para mim. Um deles foi o dos MDG.
3 - 2 discos. Poeta de Rua e um outro com os ASP (Ainda Somos Putos) - esperem pela surpresa.
5 - Obrigado ao HipHopWeb pelo bom trabalho que mantêm, é um gosto saber que mais um ano passou e continuamos cá todos. Uma mensagem de Paz e Respeito entre todos. Todos nós nos devemos respeitar independentemente do estilo ou crença. Saúde e Felicidade.

Porte

Porte – Gatos do Beko

1 - Foi um ano difícil para todo o Pais, muitas dificuldades que Portugal atravessa, uma Crise Financeira enorme, mas penso que maior ainda é a Crise de Valores que atravessamos e a adaptação adivinha-se terrível. Musicalmente penso que terá sido um ano feliz com excelentes projetos a sair a fasquia aumentou consideravelmente porque mesmo os novatos que tem aparecido tem desenvolvido trabalhos com bastante qualidade a todos os níveis e portanto penso que o Rap português está de Parabéns.
2 - Este ano destaco a União que o Povo português revelou na caminhada contra a crise.
3 - No novo ano podem contar com o meu regresso, estive em "pause" durante bastante tempo derivado a motivos pessoais, mas em 2013 regresso forte, contando com o apoio de todos.
4 - Em 20134 espero poder contar com melhorias nas condições de vida dos Portugueses, mais felicidade e Paz para todos e também prevejo que a nível musical as coisas vão aquecer.
5 - Quero dizer apenas a todos os leitores que sejam fortes e persistentes, o Mundo não vai acabar, apenas vai mudar e temos de acompanhar a mudança. Paz para todos. 

Perez

Perez – Matilha 401

1 - Para mim o ano de 2012 foi uma ano muito bom, fez um ano que criei a minha crew (Matilha 401) além de ter tido boas oportunidades projetos e espetáculos como a abertura do concerto do Boss AC na queima das fitas de Évora, abertura do concerto do NGA em Évora e do Allen Halloween também entre outro projetos e concertos por a zona lancei também a minha 2º mixtape "Histórias Lá do Bairro" sem dúvida k foi um ano muito gratificante 
2 - "Histórias lá do Bairro"
3 - Da minha parte para 2013 podem contar com mais uma mixtape "Mala Life Style" e 3 ou 4 vídeos singles dessa mesma mixtape entre várias participações em projetos de crew e outro pessoal.
4 - Certamente será mais um ano de muito rap muitos concertos, projetos e crescimento do movimento de norte a sul do pais.
5 - A mensagem k deixo é a seguinte, sejas tu nova ou velha escola apoias o movimento e contribuis quando te manténs unido com ele mesmo ou seja muitos vezes dásse demasiado valor a rappers internacionais principalmente americanos quando o nosso rap cresce dia para dia e eleva o nível a cada dia que passa, mantenham o movimento unido porque unido é sempre mais forte!!!

Rafi

Rafi – Dedicated Porto

1 - O ano de 2012 foi um ano que representou afirmação e renascimento para mim.
2 - Destaco o projeto da Dedicated Store Porto, o livro que estou a desenhar há 2 anos, que terminei e o ter sido escolhida para integrar um documentário sobre graffiti, internacional "All She Wrote".
3 - Estou a trabalhar em alguns projetos, que estão em diferentes fases, mas que já se começam a alinhar para serem partilhados.
5 - Sim. Procura luz própria.

Rato 54

Rato 54

1 - Foi um ano de grandes concertos.
2 - Concerto de Onyx no Hard Club.
3 - Talvez grave um disco...
4 - O costume...mais coisa menos coisa.
5 - Façam a revolução com ou sem violência. Apareçam nos concertos e partam aquela merda toda. Não se deixem levar por aquilo que os meios de comunicação social dizem.

Red Fox

Red Fox – Administrador do HipHopWeb 

1 - Tirando a Puta da crise foi um bom ano, eu continuo por terras de Vera Cruz.
O Porto continua a se afirmar como epicentro dos eventos de Hip Hop em Portugal mas zonas como Braga e Évora tem mostrado que o Hip Hop não esta restrito a Porto/Lisboa já o Algarve tem dados grandes e bons MC’s
2 - Os 10 anos do HipHopWeb, foi uma pena não podermos comemorar uma década online.
A atualização do HipHopWeb que fizemos em Outubro mudou bastante o aspeto visual e o software de administração do site.
Grandes eventos como o SERhumano que mostrou que o Hip Hop Português não e só uma coisa putos a fumar e a riscar paredes, foi uma grande afirmação de solidariedade com o Gaspar (filho do Fuse).
Poetry Jam foi algo muito interessante espero que continue.
A Vicious Events elevou os eventos de Hip Hop em Portugal a outro patamar, Onyx (embora só metade dos 4 originais), Dialated People e os concertos do Valete foram excelentes.
Muitos bons álbuns Capicua, Sir Scratch, Deau, DJ Ride, Mind Da Gap, Orelha NegraPródigo entre outros.
3 - Quero rever o meu baú de fotos (só as digitais) mais uma vez tentar publicar no HipHopWeb as fotos de 2002.
Quero ver se finalmente termino o meu e-book "Red Fox: Vinte & 10 (20 anos de Hip Hop, 10 de Fotografia)" que já devia ter lançado em 2011 mas continuo sem tempo e paciência para rever memorias e fotos. Quero ver se dou uma renovada no meu site pessoal www.foxtografia.com / www.redfox.pt 
4 - Se o mundo não acabar o HipHopWeb vai continuar.
Muitos e bons álbuns a caminho, grandes eventos, grandes parcerias, e uma novidade da parte do HipHopWeb la para Fevereiro.
5 - Continuem apoiar o verdadeiro Hip Hop em todas vertentes.

Rost

Rost

1 - 2012 para mim foi um ano que passou a correr, foi o ano dos arranjos dos melhoramentos, bastantes concertos, foi um início de uma nova era para os Top Dogs.
2 - Destaco a pika que o rap tuga tem vindo a ter no geral, este ano ouve mais trabalho com qualidade a sair e a girar nas ruas.
3 - 2013 sai o meu novo trabalho Língua Afiada  só com produções originais.
4 - Para 2013 podem contar com uma grande qualidade de som vai sair muitos projetos novos, e todos eles prometem, fiquem atentos.
5 - Espero que este ano que vem, os ouvintes de rap partilhem mais os bons sons e os bons clips e assim ajudem a cultura a dar o salto. Porque a sempre alguém numa esquina a cantar bem a fazer bem o seu papel de raper, cabe a todos divulgar os trabalhos uns dos outros, porque poucos já somos nos, One love

Royalistick

Royalistick

1 - Acho que foi um ano de afirmação não para novos talentos mas para talentos que já cá andavam á muito tempo!... foi definitivamente o ano do Dengaz, do Jimmy e do Nga
2 - O Jimmy porque acho que deu um salto enorme e o Prodígio (FS).
3 - Claro...parar é morrer!...vamos ver o que 2013 me reserva.
4 - Espero que um reciclar de grandes Mc´s e produtores que se eclipsaram... Têm que se reinventar e ir á procura de novos caminhos.
5 - Um bom ano pra todos!...

Sagespectro

Sagespectro

1 - 2012 foi um ano super positivo para nós. Podemos dizer que foram 365 dias a trabalhar na promoção e divulgação do nosso último trabalho "Perdidos e Achados" que saiu mesmo no final de 2011.
2 - Deste último ano destacamos os nossos videoclips, Perdidos e Achados, Hell's Kitchen (trabalho conjunto com os Tribruto), o Rap Attack e o 360º. Recebemos muito boas críticas. E claro, os concertos que demos. Tocamos várias vezes em casa no Algarve, dessas vezes sublinhamos a grande festa do Ser Humano, passamos por Lisboa no Writer's Delight e estivemos também num dos grandes eventos da Vicious no Hard Club com vários artistas.
3 - Para o inicio de 2013 iremos lançar ainda um novo videoclip muito possivelmente em Janeiro mesmo.
4 - Para este próximo ano vamos começar a trabalhar em novas músicas para um novo álbum (sem qualquer data prevista) e estamos envolvidos em trabalhos e projetos de todos aqueles que também nos acompanham. Hellgarve!
À parte de nós este ano pensamos que vão surgir projetos novos e talvez até diferentes dos formatos que estamos habituados, vão haver artistas a ganharem o espaço merecido e cada vez mais música.
5 - Queremos louvar todas as boas e novas iniciativas que venham a surgir, artistas a irem aos concertos de outros artistas, o apoio é essencial.
E claro muitos beats, muitas rimas, paz e diversão. Big up.

Sentinela

Sentinela

1 - 2012 foi um ano longo, com muitas novidades e oportunidades de crescimento. Foi um ano difícil mas muito rico em aprendizagens, que permitiu desenvolver novas capacidades de análise da realidade e, simultaneamente, de ajuste de condutas e reajuste de prioridades de vida. Um ano duro, mas que permitiu promover a resiliência pessoal, sem deixar de alimentar a utopia. Foi mais uma etapa construtiva num cenário quotidiano de dificuldades e reajustes (e por isso mesmo inspiradora para a arte da criação).
2 - Destaco todos aqueles que nas suas vidas anónimas e quotidianas se conseguiram manter firmes nas suas convicções e na sua dignidade, todos aqueles que lutaram contra a aceitação passiva do "estado das coisas", todos aqueles que se esforçaram por manter uma postura construtiva, levando os seus projetos para diante, todos aqueles que conseguiram influenciar positivamente quem os rodeia.
3 - Para 2013 continuarei a "explorar" e dar a conhecer o meu álbum que saiu há cerca de um ano "Manual de Cerimónias", estando prevista a edição de mais 2 videoclips de temas do trabalho, nomeadamente "Isto é o país do fado" e "Penso em nós dois".
4 - Há muita gente que desenvolve trabalho meritório (quem muito admiro e sigo), nomeadamente no que diz respeito a tudo aquilo que envolve a cultura Hip Hop. Dos mais antigos ao sangue novo, conto com a possibilidade de poder ter acesso a trabalhos criativos nas várias vertentes, trabalhos que me inspirem e dêem vontade de me querer superar.
5 - Um desejo genuíno de que em 2013 possamos ser mais verdadeiros e empáticos uns com os outros, aceitando o outro na sua diferença. PAZ!

Simple

Simple

1 - O ano de 2012 ficou marcado pela minha mudança para Terras de Sua Majestade. Foi algo que definitivamente marcará a minha vida, mas por conseguinte tornou-me mais maduro como pessoa e artista. 
2 - O meu EP "Quatro-Estações" inteiramente produzido pelo meu amigo Zulu dos Quartel 469. Produzimos dois temas juntos e o resto do projeto foi orientado a milhares de quilómetros (ou milhas) de distância, provando assim que nem a distância consegue parar o fluxo de inspiração e edição de trabalhos.
3 - O meu álbum
4 - A constante evolução do Hip-Hop Nacional, os produtores estão a rasgar, novos talentos a debitar rimas, creio que estamos no bom caminho. Por outro lado, devo admitir que o monopólio do Rap continuará entregue a quem o mantém desde sempre, mas isso são "teorias da conspiração"
5 - Preparem-se, os tempos de brincar a cabra cega acabaram!  

Sir Scratch

Sir Scratch

1 - Um ano positivo e cheio de discos novos e qualidade para o HipHop Nacional!
2 - Saber que o HipHop já começa a ter destaque em várias plataformas mesmo sendo e vindo de bases promocionais e editoriais independentes. Penso ser uma fase de transição e melhor aceitação do género.
E Claro, finalmente lancei o meu novo álbum! (risos)
3 - Sim, os concertos de apresentação do meu álbum, e mais vídeos!
4 - Acho que o público pode esperar mais coisas boas, a mixtape dos Orelha, álbum do Regula, viris, mais battles da Liga KnockOut...penso que o hiphop em 2013 vai continuar com esta reafirmação que já começou este ano.
5 - Comprem o álbum! Surjam nos concertos, apoiem...se formos cada um por si nunca chegaremos longe. Em Nosso Nome! PAZ!

Skala

Skala - 12 Makakos

1 - Ano grande sobre tudo por haver mais eventos de Bboying e outros estilos dentro da vertente.
2 - Primeira qualificação da Red Bull BC One
3 - Novos conceitos de battles para acontecer no próximo ano.
4 - Um ano ainda mais competitivo a nível de battles, o nível esta aumentar por isso vai ser interessante ver. 
5 - Tem que haver mais beef a nível battle, acho que e importante, uma battle é uma battle. Um props para a minha crew 12 Makakos, muita paz para as outras crews e é continuar a lutar por esta cultura, nao vai ser um nem dois temos que ser todos a lutar pelo o mesmo. Props para o Valete e Sam The Kid peace.

Speg

Speg – Barrako 27

1 - Foi um ano excelente para o Barrako 27, com muitos concertos e muita aceitação do público, o que é sempre um incentivo a fazer mais e melhor.
2 - O momento mais marcante para mim foi o concerto no Hard Club para a causa do Gaspar, o filho do Fuse, o "ser humano". Onde ficou mais que provado que o Hip Hop não é só musica, é muito mais que isso, é uma grande família que quando é preciso se une em torno de causas sem qualquer interesse em valores materiais.
3 - Da minha parte e como tenho vindo a afirmar podem contar com o meu apoio incondicional ao meu amigo Né, a minha caminhada nesta vida deve se em grande parte a ele e não faço tensões de me lançar a solo. Poderão aparecer alguns temas soltos na net que não se insiram no projeto do Barrako 27. A ver vamos... 
4 - Para 2013, podem contar com um novo trabalho do Barrako 27 ao qual iremos chamar "o reverso da medalha", com umas 12 a 15 faixas originais e com algumas participações que irão surpreender muita gente, mas como devem calcular não me quero estender muito nas novidades, fiquem atentos que não se irão arrepender.
5 - Como mensagem quero agradecer a todos os que acarinham o nosso projeto, todos os que nos cumprimentam nas festas e na rua, ou aqui no facebook. No fundo a toda a gente que sempre acreditou em nós e no que o Barrako deu e ainda virá a dar a esta querida arte. Um especial obrigado á HipHopWeb por todo o apoio que nos tem dado, um bom ano e um bem haja para todos.

Spitz

Spitz – Equipa HipHopWeb / Tríade Negra

1 - Da minha parte muito positivo, tive a oportunidade de ver no Jedi Mind Tricks e La Coka Nostra e a nível pessoal de lançar no projeto Tríade Negra com o Dred e o Dj Hipe a EP "Magia Negra" e de produzir o videoclip para o single da mesma.
2 - Mixtape Scratch Trash Tracks do DJ Hipe, álbum "Retiessencias" do Deau, Vídeo do single do Street Álbum "Na Descontra" de J-Cap, Novo Álbum dos Orelha Negra, Rapressão do Chullage, "UniVersos" e "Se Eu Fosse..." do Virtus, o vídeo do Rato 54Intocável com Dj Score e Helder Lance,o álbum de Necro - Murder Murder Kill Kill entre outros.
3 - Sim, estou a residir recentemente em Toronto, vou continuar a trabalhar com a Tríade Negra e espero ter a oportunidade de assistir aos concertos de rap que se passam deste lado do Atlântico.
4 - Tendo em conta os novos projetos que surgiram no rap tuga em 2012 espero continuidade dos mesmos e a nova mixtape do DJ Hipe.
5 - Citando Tupac Shakur: “Wars come and go, but my soldiers stay eternal”

Stereossauro

Stereossauro - Beatbombers

1 - Foi um ano de muitos acontecimentos sociais marcantes, não foi fácil. Felizmente tive bastante trabalho!
2 - Destaco as actuações de Beatbombers nos festivais de verão e concerto do Valete no Campo Pequeno.
3 - Sim algumas surpresas... por isso não posso revelar!
4 - Com um ano mais difícil que o anterior.
5 - Bom ano novo e boa sorte! Todos precisamos!

Stray

Stray - Monster Jinx

1 - Foi um bom ano para a Monster Jinx. Crescemos muito, tivemos atenção de meios que nunca se tinham interessado por nós antes... tivemos o nosso primeiro hit semi-viral "Venera o Diabo (Faz Festas a Gatinhos)", o disco do Taseh saiu... Foi fixe.
2 - Destaco este como o ano em que toda a gente começou a querer ser esquisito, pelos vistos isso agora é fixe no Hip-Hop. HAJA DEUS. 
3 - Não sei se há data desta publicação o meu disco novo "Coraçãozinho de Satã" já saiu ou não... mas no início do ano estarei a investir na promoção deste trabalho e, como sempre, nos lançamentos da Monster Jinx. 
4 - Podemos contar com 365 dias se o ano não for bissexto, 4 estações e a vinda do Apocalipse Zombie, ou não. 
5 - Quero. Marijuanem a Legalijuana e não odeiem.

Tranquilo

Tranquilo - Mundo Complexo

1 - Foi um bom ano para a nossa música e para a união entre todos! Embora tenham surgido muitas cópias de estilos e muitos mc's a seguir ideias já antigas e utilizadas por outros "O que torna a maior parte desses RAP'S Iguais" também tem aparecido muita novidade fresca e agradável de se ouvir A nossa cultura cresce a olhos vistos e em qualquer uma das vertentes muitos seguidores, muito público e principalmente muita atitude para levar isto para a frente!
2 - Principalmente o apoio do público à música independente! As novas tecnologias abriram muitas portas e é muito importante sentir esse apoio!
3 - Tenho feito alguns sons a solo e com alguns convidados que vou continuar a lançar na net e talvez venha a juntar alguns num álbum. Algo mais pessoal... mais na linha do disco "de consciência tranquila" 
Entretanto continuo a trabalhar com os Mundo Complexo e aos poucos, também já estamos a preparar algo novo!
4 - Espero que a nossa cultura continue a evoluir com o aparecimento de mais e bons Mc's , Dj's, B-Boys, writers e produtores!!! 
5 - Espero que as pessoas acordem desta crise económica  deixem de ser tão consumistas e percebam que a mudança é muito mais fácil do que parece à partida!!!

Valete

Valete

1 - Acho que foi um ano de afirmação. Tiveste rappers sem álbum como o Jimmy a tocar em festivais de verão importantes. Rappers sem radioplay como o Halloween a tocar de norte a sul do país. Isto quer dizer que é cada vez mais fácil ser independente. Quer dizer que a vontade do público está-se a impor cada vez mais em relação ao que é impingido pelas rádios e pelas editoras. Isto tudo obviamente por causa de Internet que de certa forma está a democratizar a música.
2 - Álbum de Orelha Negra, da Capicua, do Richie Campbell. Acho que há cada vez mais uma predominância da black music em Portugal.
3 - Sim, espero lançar o meu álbum novo.
4 - Houve muitos álbuns que eram para sair em 2012 e não saíram, espero que saiam em 2013. Se tivermos o álbum do Regula, do Xeg, do Azagaia, do Jimmy, instrumentais do Sam, Raccionais, Marechal, Pensador, 2 Caras, Keyta Mayanda, Sam & Mundo, Mix-Tape Orelha Negra, NBC creio que será um ano extraordinário para o Rap Lusófono.
5 - Para os manos que estão a começar - Rodeiem-se de pessoal que gosta realmente de vocês, pessoal que vos quer ver bem. Muitos manos andam contigo, até rimam contigo, mas não querem o teu sucesso. Quando estamos a começar uma crítica, um comentário na net pode-nos afetar mesmo muito. Muitos manos desistem por causa de críticas na net e pelo facto de não sentirem carinho do público. Por isso é muito importante estares rodeado de pessoas que gostam mesmo de ti, que acreditam em ti e que vão te sempre apoiar mesmo quando estás em má forma. Um Só Caminho, sempre.

Virtus

Virtus

1 - Este foi um ano marcante para a minha música. Penso que, desde o lançamento do meu álbum "UniVersos" (em Janeiro), tenho vindo a conquistar um público (diverso) de norte a sul do país, sem pressas. Conheci também grandes artistas dos quais recebi um bom feedback e com os quais pude partilhar experiências musicais. Foi uma ótima surpresa depois de tantos anos fechado no quarto, distraído da expectativa que as outras pessoas tinham em relação à minha música. Ainda sobrou sumo de motivação - após o "UniVersos" e o álbum de instrumentais "Se Eu Fosse..." (Novembro) disponível para download - para continuar descansado no próximo ano.
2 - Chullage "Rapressão", Kacetado, o álbum do Keso, o EP do Minus, Virtus, os beats do Raez, os concertos de Dilated Peoples e Onyx, as Poetry Jams no Hard Club, re-audição de clássicos do Mundo e Sam (Soundclash)... É tudo o que me lembro, por agora.
3 - Projeto de instrumentais (Virtus & Minus), álbum do Nokas "Auto-Cultivo" (gravado e misturado por mim) e algumas parcerias com outros artistas.
4 - Frutas pesadas.
5 - De momento... Quero que saibam que ainda há cds de Hiphop Português à venda. Se gostam e sentem realmente, comprem. E pensem que se esse dinheiro for dividido pela vida toda, o mesmo nunca fará tanta diferença como a imortalidade da música que vocês guardam.
A música ouve-se, mas deve ser vista de uma forma que a torne possível de continuar a ouvir-se.

Viruz

Viruz - Sistema Intervenoso

1 - O ano de 2012 foi dos mais rápidos que vivi até hoje; tantas mudanças, decisões cruciais e um pouco de esperança, no entanto, sem querer parecer pessimista, penso que este ano foi extremamente marcado por desastres naturais, pelos Maias e pela crise financeira dos Bancos, Governos Europeus e falsas esperanças asiáticas.
2 - Destaco essencialmente duas coisas: a crise financeira que assola a Europa e o Mic Tyson do Sean Price!
3 - Espero conseguir finalmente ter o meu projeto a solo. Até hoje ainda não foi possível pois aparece sempre um outro projeto que me absorve.
4 - Em 2013 poderemos contar com extrema persistência de tensões político sociais assim como de poupanças à última da hora, não me iria admirar que as K7s voltassem do Túmulo. 
5- Apesar do que penso que virá a ser um futuro complicado, gostaria de estar errado e espero que músicos, escritores, cineastas e artistas em geral, fortaleçam a sociedade portuguesa. Precisamos de Músicos Malditos, desejo fazer parte desse leque restrito.

Wuser

Wuser/DJ Maradona - Submundo

1 - Um Ano Com Muito Rap, Parabéns ao Rap Criolo que Está Numa Grande Evolução, e Também ao Movimento Hip Hop No Porto, sem Duvida Capital do Rap em Portugal.
2 - O Destaques Para mim este ano foram Chullage, Mundo, Lamdim, Loreta Parabéns a Eles Todos Por Transmitirem Boa Mensagem.
3 - Vem ai O álbum De Mr, Logo de Seguida o De Papagaio, Lopes Um artista da Nova Escola, Pilantra meu amigo de Infância, Killa the Bizz um Artista Angolano, e Fiquem Atentos ao Projeto Tira Nódoas Pois vai Haver Muitas Novidades De Momento são esses Projetos que vou Cozinhar no Submundo.
4 - Que seja um Ano com Muito Rap, Muita Mensagem e Muita Atitude.
5 - Paz e Amor Para 2013 

Xizini Da Shorty

Xizini Da Shorty

1 - 2012 em hiphop tuga ta merdoso..... muitas intrigas, muitas criancices, falta de profissionalismo.
2 - Este ano destaco a minha  mudança de casa e a minha carta de condução....pq em hiphop destaques só os de xtense  mesmo!
3 - Talvez tenha novidades...haver vamos.
4 - Com mais filmes, com mais facadas nas costas e mais gente sem nada q fazer a n ser criar intrigas...ou seja só da realizadores de snuff movies.
5 - Obrigado por se lembrarem de mim, bom natal, bom ano novo..... e pff ppl do hiphop...CRESCAM CARALHO!!!! Abraço Xizini Da Shorty.

Youthone

Youthone/Ridiculo – Mundo Complexo/Dedicated Store Porto

1 - Passado
2 - A passagem do 1.º ano da Dedicated Store.
3 - Sim, manter-me calmo, energético, positivo, pronto a lutar. Claro se a saúde me deixar. de resto, tentar andar para a frente.
4 - Ahahahahaha, sorry, se soubesse dava já o salto. Bem isso não sei, porque não sei se chego lá. Mas podes contar comigo a fazer estragos e marcar a presença.
5 - Peace, Love and Unity!

Zero

Zero – Partícula

1 - Foi um ano muito produtivo para o Hip Hop bracarense, muitos novos projetos q surgiram e o apoio ficou mais forte.
2 - Este ano destaco a tour europeia do meu coletivo Partícula, uma experiência inesquecível.
3 - No ano novo vou começar por apresentar um novo álbum com o produtor Relax (Quartel 469) e DJ Casca.
4 - Podemos contar com muita música nova vinda de varias zonas do MINHO, uma compilação e outros projetos a solo...
5- A mensagem é simples: paz e respeito entre todos, obrigado pela atenção.

 

 

.:: Obrigado a todos que responderam as nossas perguntas ::.

Partilhar

Artigos Relacionados

Google+