Opiniões sobre 2014 e perspectivas para 2015

Já que o ano de 2014 se acabou o HipHopWeb voltou a convocar os artistas e personalidades relacionadas ao Hip Hop português para responder a 4 perguntinhas para o nosso "Opiniões sobre 2014 e perspectivas para 2015" 

1 - Fazendo uma retrospetiva do ano de 2014, o que destacas como positivo e negativo? 
2 - Algum projeto pessoal ou alguma novidade para 2015 que queiras partilhar connosco? 
3 - Quais as tuas previsões para o panorama do Hip Hop nacional em 2015? 
4 - Queres deixar uma mensagem para os nossos leitores/seguidores?

 

Eis as respontas que nos deram:


Agah
1 - 2014 foi, sem dúvida, um ano cheio! Pelo positivo, fica a diversidade e a coerência com que alguns nomes têm aparecido, sobretudo malta que anda aqui há anos e, por várias razões, consegue agora mostrar o seu trabalho, ao melhor nível!
Ainda de positivo, fica a qualidade com que se trabalha no rap português; é que, para além de uma enorme nuvem de mediocridade e confusão de valores/referências, em Portugal, ao contrário de muitos outros países, temos bom rap em quase todos os "quadrantes".
De negativo... nada de muito específico. É sempre mau dizerem que os Dealema vêm do Facto-X, mas... enfim! 
Falta quebrar os preconceitos e as conotações que rondam o rap e que são, muitas vezes, a razão da castração pessoal. 
Falta quebrar barreiras de fora para dentro e, a não esquecer, de dentro para fora. Esta é uma das razões para o Hip Hop continuar a dar "tiros no pé", esquecendo que a afirmação da "individualidade" de cada um na "comunidade" está na sua essência. 
2 - Ao Colectivo 258 e aos seus 4 projetos não faltarão projetos.
A solo, em 2015 conto lançar um EP, essencialmente sobre Hip Hop, sobre a minha idealização desta cultura e sobre o meu pequeno e discreto percurso. (Sem garantias)
Há muitos projetos na gaveta, mas... não posso saber qual/quais dele(s) poderão/vão avançar em 2015.
Tenho o desejo de começar um trabalho mais longo e completo e, para isso, devo começar a "desgarrar" algum pessoal para as desejadas participações, mas... isto sou eu, em Dezembro, a pensar!
3 - A verdade é que já não me preocupo em conhecer tudo o que sai e, do que me chega à mão (ou ouvido), estou a adorar muitos dos projetos que têm aparecido no panorama do Hip Hop nacional. Espero que assim continue...
Entretanto, espero ansiosamente pela conclusão dos próximos trabalhos dos meus companheiros: Lente de Contacto e Omega Krew.
Quanto a mais previsões: "Sei que os há... que ouviram os meus sonhos, sem que por sério me tomem! Apartir de hoje sou H... a letra que não se lê, mas que dá a grandeza ao Homem."
Ou seja, cá continuo.. numa das capitais de distrito menos representativas do movimentos Hip Hop... já não há breakdance, quase desapareceu o graffiti, continua sem haver DJ's, mas... há mais MC's que paragens de autocarro! eheh
4 - Pouca coisa... apenas vos digo para valorizarem esta cultura que, mesmo que não acreditem, estará sempre disposta a mostrar-vos algo de uma forma que nunca tinham visto.
Apoiem... Espalhem... aprendam e ensinem, que o saber e a união são as melhores armas para conhecer este mundo... e rebater a situação atual.
Um bom 2015... cheio de barras, cortes, caps e freezes!

B Skilla
1 - Positivo: A qualidade obtida em vídeos, álbuns, eventos e sua organização, versatilidade de estilos nas vertentes e a participação em eventos de caracter internacional pelas nossas hiphop heads.  
Negativa: Nada… Tudo serve para aprenderemos algo!
2 - 2015… Álbum a caminho - 2º Álbum de originais intitulado ( R )Educação.. fiquem atentos a mais novidades.
3 - Em 2015 vão sair muitos álbuns de hiphop tuga, vamos esperar para ver …  os b boy's estão mais fortes, os writters continuam a deixar-me boquiaberto os beat makers estão a rebentar, os Dj's estão com um nível super dope, os eventos estão mais abrangentes e a multidão está a crescer.
Vai ser um ano em grande para o nosso hiphop  - apoiem sempre que puderem!
4 - Sejam vocês mesmos, há espaço para todos… A nossa cultura é grande e tem o poder de mudar o mundo… usem-na da melhor maneira. Existe muita coisa para além do "criticar sem fazer melhor"… e pisar o próximo para poder sobressair.
Obrigado a todos os que apoiam este universo, independentemente dos gostos.
ONE LOVE para todos vocês.

BFive
1 - O que achei de bastante positivo foi o facto de terem existido diversos murais e eventos de graffiti no Porto, no entanto poderiam existir mais atividades noutras grandes cidades do país.
2 - A nível de projetos não posso divulgar nada com certezas pois ainda não temos (Ratos Suspeitos) nada completamente definido, mas posso adiantar que iremos andar muito por GAIA e em grandes escalas 
3 - Com a tendência que tomou 2014, julgo que vamos ter um 2015 rico em grandes eventos e muitos momentos para guardar na memória.
4 - A todo o pessoal que segue o HipHopWeb continuem a fazer este grande grupo crescer!!

Buli 2B
1 - Foi um ano bom para o Hip Hop tuga...Muitos bons álbuns lançados espero que continue assim.
2 - Ainda ta tudo muito verde mais claro que vai sair trabalho novo em 2015. 
3 - Espero que continue com a força que cada vez mais esta sempre em crescimento.
4 - Boas festas a todos e sempre a ouvir bom Rap...é nois mo vei... Paz

Da Rocha
1 -  2014, para mim, não foi um ano nada fácil, porem, muito positivo. 
Em 2013 decidi deixar tudo para trás, despedi-me do meu trabalho e viver da música, sem qualquer outro rendimento. Os tempos não foram "leves", no entanto não o posso considerar negativo, pois tudo é uma aprendizagem. Compus o "Segredo Dos Deuses" que finalizei no final de Janeiro de 2014, e aqui começa a história. 
Lancei o "Segredo" em formato digital. O trabalho foi bem aceite. Constantemente recebo mensagens de ouvintes que se identificam com as músicas e até a revista "VIP" fez uma crítica positiva ao trabalho. É bastante gratificante. Decidi não tocar este disco enquanto o formato físico (CD que sairá em Janeiro de 2015) não está nas "bancas". Neste ano a música abriu-me novos horizontes...A minha família aumentou e neste momento estamos a trabalhar em conjunto para a "firma" crescer a passos largos. Com a junção a KalekiriSP DevilleBdjoyFlow SemeiaBeatoven e o Dj Sushi vou encarar o 2015 com um grande sorriso.
Posso dizer que foi um ano positivo. 
2 - Em 2015 irei para o vivo. Estou envolvido num projeto com a família que referi há pouco, mas no tempo certo tudo se sabe...aproveito para dizer que individualmente, o SP lança em Janeiro o primeiro disco a solo, denominado de "Sou Quem Sou", Kalekiri lança o primeiro EP que mudará alguns conceitos musicais e fará com que muita gente "tire o pé do chão" e o Bdjoy continuará a trabalhar na Mixtape "Reconhecimento", assim como eu continuarei a levar o "Segredo Dos Deuses" para a frente.
3 - O RAP ta a começar a ser moda para muitas crianças, o que faz com que a maior parte dos projetos não tenham conteúdo ou qualidade. Acredito que em 2015 apareçam mais 1000 mc´s sem saber do que estão a escrever. Os conceitos mudaram bastante e está-mos a passar por uma "explosão" de ouvintes no que toca a musica desta cultura. Quem sempre o fez bem, irá continuar a fazê-lo...a esses deixo o meu obrigado!
4 - Família fiquem na paz, continuem a consumir a cultura, e acima de tudo, contribuam para o movimento crescer!!
Aproveito para vos deixar o link do "Segredo Dos Deuses"...é de graça...não custa sacar e ouvir...  http://resishop.net/segredodosdeuses
One love

Deeogo -  Momentum Crew
1 - Restrospectiva de 2014, negativo: poucas competições de bboying ou mesmo jams. A maioria eu e o meu grupo organizamos. Evolução muito lenta física e mental. Muitas pessoas confundem profissionalismo com comercial. 
Positiva: Primeiro campeonato mundial em formato gala, no Casino Espinho:
2 - Projeto pessoal não posso revelar enquanto não estiver 100% confirmado.
3 - Previsões, não faço ideia, ouço pouco hiphop tuga mas do que ouço, DeauSam the Kid, e pouco mais. Espero que continuem a lançar boa música. A nível de dança espero exatamente o mesmo visto que todos se dizem underground e criticam o meu grupo ou o líder pela comercialidade, e quando têm as mesmas oportunidades fazem igual. Volto a referir que ser profissional não é ser comercial.
4 - Mensagem: para o futuro próximo, mais amor, mais partilha, se nao compreendem certas atitudes tentem compreende-las antes de julga-las, lembrem-se que a comunicação é indispensável a vida por isso façam uso dela já que  agora, é ainda mais fácil. !

Dizzy – Som Mudo
1 - O ponto mais alto, sem dúvida, foi a edição do meu 1º álbum a solo (Transparente) em Janeiro, e tudo de bom que me trouxe, foi uma enorme satisfação e realização pessoal principalmente. O ponto negativo é o oposto, tudo o que não me deu, a falta de interesse por parte das pessoas, a falta de difusão e apoio que senti inúmeras vezes.
2 - Em 2015 darei início afincadamente aos trabalhos com o próximo disco, com toda a certeza.
3 - As previsões são boas, o movimento continua a crescer e tem chegado a meios nunca antes alcançados, devemos comemorar. Por outro lado, espero que haja mais oportunidade, nomeadamente no rap, para outras bandas se mostrarem, pois continua a existir um núcleo muito fechado e as portas continuam a abrir para as mesmas pessoas.
4 - Leitores/seguidores assíduos, continuem atentos, apoiem os grupos que mais precisam e que são menos sustentáveis, abram horizontes e espalhem a mensagem por toda a comunidade.
Um abraço.

DJ Big
1 - 2014 foi um ano de afirmação para a cultura perante os outros estilos musicais , antigamente sair a noite e ouvir um som de HipHop sem ser numa festa própria era quase como um ‘’ crime ‘’ , não acho que este ano tenha nada de negativo . 
2 - 2015 vou trabalhar muito mas não posso adiantar nenhum projeto por enquanto.
3 - Eu acho que o panorama do Hiphop Nacional em 2015 vai ser muito mais forte do que em 2014 , estão a surgir artistas novos com muito bons trabalhos os old school vão ter que se esforçar mais ainda e acho que isso vai fortalecer o movimento todo .
4 - A única mensagem que vos posso deixar é que não deixem de apoiar o HipHop que por muita qualidade que tenha sem seguidores não vai a lado nenhum.

Dom Rubirosa – Gov Som
1 - Como positivo, a quantidade e a qualidade de palcos em que tive a oportunidade de tocar, foi o ano com mais datas que tive. 
O negativo foi não ter tido tanto tempo para lançar algo em 2014 (o primeiro ano desde 2007 que não estou envolvido no lançamento de nada, seja da Gov Som, do governo sombra ou a solo, não estou a falar de participações, porque essas, felizmente, existiram).
2 - Como em 2014 não consegui terminar as coisas a tempo de as lançar nesse mesmo ano, talvez 2015 seja compensado com isso. O volume 3 da minha série de mixtapes "A Tua Mãe Curte-me Tótil!" sai no primeiro trimestre do novo ano. 
 Em 2015 vou também dar inicio à produção do meu primeiro álbum a solo, de nome "Uma Jóia de Moço", no entanto, e tendo em conta o processo das coisas, esse mesmo não deverá sair em 2015. 
Há mais projetos em que estou envolvido, mas como não dependem só de mim, não quero muito estar a falar, mas se acompanharem o meu twitter (www.twitter.com/domrubirosa) poderão ficar a conhecer em tempo real.
3 - Acho que vai continuar a crescer!
4 - Quem quiser estar mais a par das minhas cenas www.facebook.com/domrubirosa ou www.youtube.com/govsom
Muito obrigado ao Hip Hop Web pela oportunidade e parabéns pelo trabalho que tem desenvolvido durante mais de uma década, de louvar!

Dréz 
1 - O ano 2014 no que toca ao meu trabalho foi um ano bastante calmo, apenas editei o "Hallelujah (EP)" juntamente com o Trial Beatz, não tive oportunidade de aceitar convites como pretendia para produzir para alguns trabalhos devido a minha falta de tempo a nível profissional, mas também serviu para observar e melhorar algumas coisas para trazer novas sonoridades em 2015, o positivo do ano 2014 foram os eventos de norte a sul do Pais, algumas confirmações de artistas da “nova escola” (GrognationDillazMinus, mais uns quantos) e o manter de nível de outros da “velha escola” (Sam The KidNBCDealemaNGABeware JackCapicua entre outros). 
Um especto menos positivo é não haver mais meios de divulgação de Hip Hop Português.
2 - Em 2015 espero editar um novo EP de instrumentais, tentar edita-lo nos primeiros meses do ano, como existem 2 possíveis nomes prefiro não divulgar por enquanto, e outro projeto será a minha ligação ao novo trabalho de Strata G.
3- Em 2015 o Hip Hop Nacional vai continuar a crescer a olhos vistos como se passou durante este ano, certamente mais Eventos de Norte a Sul do Pais, vou seguir com muita atenção alguns nomes, Virtus/ MinusJohnny ValasHolly (Produtor), Kappa Jotta, entre mais uns quantos que certamente se vai ouvir muito deles. 
4- Em primeiro lugar a vocês pela dedicação continua ao Hip Hop Nacional na divulgação e promoção dele, continuam a ser um ponto de divulgação muito importante e quem acompanha o HipHopWeb é manterem-se fieis. 
Bom ano de 2015 a todos!

Eko
1 - De positivo destaco a nível nacional um crescente numero de apoiantes do Hip-Hop em todas áreas, com concertos sempre cheios e eventos ligados à cultura também.
De negativo, não tenho nada a apontar, cada um sabe o que faz e como faz, sabe o propósito com que faz as coisas e a maneira como se aproveita de pequenos raios de luz que vão aparecendo.
2 - Tenho alguns projetos uns para 2015 outros para daqui uns anos, contudo irei certamente trabalhar coma a mesma vontade e dedicação.
3 - Prevejo um ano cheio de acontecimentos, isso é bom na medida em que impulsiona o Hip-Hop para outros patamares, espero que haja acima de tudo qualidade e dedicação de todos os intervenientes desta cultura
4 - Bom ano 2015. O Hip-Hop VIVE!

Espalha Mattuu
1 - Positivo: qualidade dos produtores. Negativo: mesmas festas, mesmos nomes
2 - CD a solo de Espalha. Novos projetos de Lente de Contacto.
3 - Crescimento e mais notoriedade de projetos de cidades mais pequenas.
4 - Apareçam nos eventos fora da vossa cidade para conhecerem novos projetos de perto.

Frankie Diluvio
1 - Vi muita gente desesperada por sucesso a fazer lame shit, o que para mim é positivo, tenho mais por onde pegar.
2 - Para 2015 tenho um álbum colaborativo com o Beware Jack, produzido inteiramente pelo grande Kilú.
3 - Muita brasileirada, mais do mesmo.
4 - Fiquem atentos, tou a vir mais dope que nunca.

Galleno
1 - Em 1º de tudo agradecer e enaltecer a vossa iniciativa e trabalho ao longo destes anos no vosso site. Em relação a pergunta a nível pessoal só tenho mesmo positivo saiu meu CD de Originais o EP “Estado Bruto” esta a ter boas vendas a nível nacional e internacional, a labe Santuários Records esta a ter vários trabalhos em misturas e mastering também a nível nacional e internacional como Brasil e França. Para os interessados na compra do EP esta a 6€ encomendas no link.
2 - 2015 ainda irei apostar na divulgação do meu EP em concertos em varias cidades mas também entretanto a trabalhar já num álbum que tenho estado a já a “Fabricar” com ajuda do Dentinho em Ragge e tudo original
3 – Será sempre a acrescentar pela positiva que ao longo dos anos têm aparecido excelentes MC´s, Beatmakers, tudo que engloba a cultura Hip-Hop, claro que é normal nesta ascensão aparecer também artistas “menos” bons , pra se evoluir existem duas faces da moeda
4 – Sim, para nunca se esquecerem de apoiar todos artistas, sites, labels independentes etc. A comparecerem aos concertos , nas compras de CDs, tudo que engloba a família Hip-Hop, porque não chega só likes e palavras em redes sociais, fazer com quem nós todos possamos subir cm a vossa ajuda. 

Gijoe/Sickonce - Tribruto 
1 - Para a música o ano de 2014 foi bastante positivo, tanto a nível de artistas a lançar discos e a tocá-los um pouco por todos os palcos, como música que me está a dar pica, enquanto Dj. Olhando de forma positiva, vejo casas e público a perceber que vale a pena apostar nas coisas que colocam a música em primeiro lugar... Qualidade acima dos números rápidos.
2 - 2015 é ano de continuar com este novo disco de TRIBRUTO (Chavascal)! Levar isto para os palcos e estragar uns quantos PA's. 
Além disso, há uma coisa muito importante para nós a acontecer em 2015: A Kimahera faz 10 anos e nunca esteve com tanta força)
Para já, "revelável" é isto!
3 - 2015 cheira-me que vai ser um ano com muitos discos bons a sair, participações e rap bem feito um pouco por todos os espaços e casas. Não está na moda mas acho que está a estabilizar! FINALMENTE.
4 - Continuem curiosos, continuem a apoiar, continuem a exigir qualidade e obrigado às 5 pessoas que me ouvem!

InZtynto Substanza
1 - Muito positivo foram os passos de certos nomes do hiphop no panorama musical geral português. Graças a eles, já começam a respeitar este estilo musical e cada vez mais casas reconhecem o seu potencial comercial.
Negativo é o ódio comum que cada vez mais se banaliza. Não gostas, não ouças! 
Pessoalmente, tive um bom ano, aprendi imenso e ficou montada uma boa plataforma para um 2015 fortíssimo.
2 - Obviamente. Em 2014 dediquei-me a montar o estúdio Arsys e formar-me de modo a alcançar independência criativa. Chego ao fim do ano contente e orgulhoso por ver o meu nome a ganhar peso. 2015 será uma avalanche de lançamentos. Tenho muitas metas pessoais e em conjunto com a “família”. Estamos a preparar música e vídeos…muitas novidades, parcerias, participações! 
Quero estabelecer o selo “Além Alma” e bombardear música desenfreadamente.
3 - Acredito que seja um ano decisivo para separar o trigo do joio. Ver quem teve “sorte” e quem merece o destaque. Com as redes sociais, somos inundados de pretensos artistas e todos têm de perceber que isto requer trabalho. Ter fotos bonitas não é tudo.
Sinto que nomes “antigos” estão com fome e irão mostrar o seu valor e que têm surgido projetos novos com muito talento e garra, felizmente. Precisamos de competição saudável.
Sei de vários trabalhos que estão para sair e acredito que será um ano muito bom.
4 - Agradeço-vos este “tempo de antena” e o apoio na divulgação dos trabalhos. Aos leitores, desejo-lhes o dobro do que me desejam a mim. Aos artistas que lutam por um lugar neste jogo, aconselho muito trabalho, ética profissional e crença no potencial. O caminho é para a frente!

J-K – Monster Jinx 
1 - Positivo: Muito rap nos festivais por todo o país. Mais gente a ouvir Rap. 
2 - Vai sair a Monster Minx na K7 (projeto de toda a crew Monster Jinx) e provavelmente um álbum meu. Também vou tentar acabar o mestrado. 
3 - Acho que vai ser um ano em grande. Muita coisa boa a aparecer e nem estou a falar de mim. 
4 - Oiçam J-K, Monster Jinx, rap nacional e rap internacional. Por esta ordem.

Johnny Valas
1 - Penso que o ano 2014 foi mais um ano de afirmação da nossa cultura, com vários concertos e projetos que vão ficar na história.
2 - No próximo ano vou lançar uma mixtape intitulada "Beat Tracy" e o álbum "Raízes de Pedra", entre outras participações.
3 - Espero que os artistas portugueses deem continuidade ao bom trabalho que têm feito e não percam a identidade, caso a atitude seja a mesma, prevejo mais um ano relevante para o Hip-Hop Nacional.
4 - Gostava que os ouvintes dessem mais importância a quem trabalha com qualidade no nosso país e não tanta aos artistas medíocres, sem esse apoio o reconhecimento é tardio e pode atrasar a evolução da nossa música.

Kaines
1 - De negativo obviamente o acidente de viação que sofri em Julho e toda a volta que a minha vida deu. Difícil ver o positivo nestas coisas sem dúvida nestas alturas, mas talvez a grande quantidade da família hip-hop que tive oportunidade de conhecer mais a fundo e a sua capacidade de se revelarem pessoas ainda maiores do que o que eu pensava.
2 - Estou lentamente a trabalhar no meu primeiro álbum, é o meu projeto a médio prazo.
3 - Penso que o movimento vai permanecer unidos conforme os anos anteriores, com os seus altos e baixos mas o núcleo mantêm-se
4 - Queria deixar uma palavra especial de carinho e apreço por todos aqueles que se preocuparam com a minha situação e procuraram saber como eu estava. Certas atitudes de determinadas pessoas tocaram-me, mudaram-me e não as vou esquecer!

Kamões 
1 - Foi mais um ano, não tenho assim nada em particular a apontar.
2 - Sim, no princípio de 2015 vai sair um novo EP.
3 - Agora é ver para querer, já não perco tempo a tentar prever.
4 - Sim, claro, continuem a fazer o que sabem fazer melhor, mas com respeito. Até Breve!

Krazye Loko
1 - Destaco de positivo os bons mc's new school que subsaíram no movimento, que fazem para merecer o mérito apesar de ser um dos anos mais fracos em eventos (para mim)... 
2- Vai sair o meu álbum em 2015 é só ficarem atentos na minha página oficial do facebook "Krazye Loko MC"
3- Previsões... É esperar para ver o que este novo ano nos tem para mostrar... Vamos ver..
4- Quero deixar um love para quem partilha e faz o nosso Rap tuga crescer. Quero pedir ao povo que apoiem mais o bom rap, apoiar não é só ouvir e tass bem. Dar um share, fazer com que mais alguém o sinta é importante.  Se é para apoiar, apoiem a 100%.. One love

L
1 - Destaco apenas coisas positivas...surgiram projetos/trabalhos novos interessantes, há mais rap Português a passar nas grandes rádios, e tivemos rap nos festivais de Verão e muitas festas com bons cartazes. O negativo não interessa
2 - Em 2015 irá sair o meu primeiro Álbum, praticamente 10 anos depois da minha primeira rima, o que é sempre fixe.
3 - Nos últimos anos tem surgido muita coisa nova/boa, não há motivo para 2015 ser diferente.
4 - Continuem a apoiar o que é nosso, e o que consideram ser boa música, sem dogmas ou fixismos (como diria o Damani Van Dunem)

Link
1 - Positivo - hiphop nacional presente cada vez mais em palcos de grande dimensão, uma maior abertura por parte dos media deixando para trás alguns estereótipos que durante muito tempo empurraram o hiphop português para áreas secundarias no panorama musical português negativo: persiste uma cultura orientada para o Mc ficando as restantes vertentes por explorar e desenvolver.
 2 - Sim, em 2015 vou lançar o LongPlay II juntamente com mais algumas mixtapes, mas estas somente em formato digital. 
3 - Muito provavelmente teremos cabeças de cartaz em festivais de referência nacionais e espero eu uma maior profissionalização que corresponda ao nível de exposição existente de momento.
4 - A todos os leitores só me resta dizer que sem eles nos que fazemos musica ou que contribuímos para a cultura nas mais diferentes áreas não somos nada, por isso mantenham o vosso apoio que nos manteremos o nosso trabalho.

Madkutz
1 - Positivo: A capacidade e visão de artistas independentes conseguirem criar uma equipa de vídeo, estúdio e concerto sem precisarem de depender de editoras/agencias majors para chegarem às mesmas pessoas que eles chegaram! Dillaz, Jimmy P, JêPê, Dengaz, Deau, Nga, Regula, Grog Nation, etc...
Negativo: Não é um ponto negativo, é algo que considero uma lacuna, lembro-me de Angola ser "gozada" por estar muito atrás de nós, no entanto, eles são super organizados e dão espaço/respeito aos seus artistas. Não temos uma praça da independência (sitio onde possamos vender os nossos CD's a quem nos apoia), fazem conferencias de imprensa onde os artistas falam do que vão fazer, têm plataformas que acompanham os seus artistas pelo mundo fora (Platina Line, Top Kwanza, etc...), não temos uma revista como a  "Carga" e toda a organização de Internet (blogs, sites, etc...). Acho que ainda nos falta muita coisa em termos de divulgação e isso pode ser muito benéfico para todos, especialmente se não houver distinção de artistas.
2 - Em 2015 estarei novamente no ativo com o ritmo de trabalho que tinha no ano de Mad Mondays, Madkutz TV, etc... Tentar trazer projetos que metam novos nomes no mapa como sempre tentei fazer e deixar mais música no mundo com todos os artistas que sentir química.
3 - É relativo, todos os anos dizemos que estamos à espera do álbum de artista x, y, z e depois acabam por não sair por dificuldades financeiras ou da vida pessoal e nunca é como prevemos. Que venha com a mesma qualidade ou melhor se possível do que todos nós temos andado a fazer e que o público siga e respeite.
4 - Respeito e maturidade. Não se esqueçam que cada um é como é. O melhor para mim, pode ser o pior para ti. O pior para mim pode ser o melhor para ti e há que respeitar isso. Somos todos livres de ouvir o que queremos ouvir, como de não ouvir quem não gostamos de ouvir. E somos todos livres de fazer o que quisermos fazer. A velha máxima do "Não gostas? Mete à borda do prato". E um muito obrigado a quem realmente apoia os artistas em Portugal, seja que artista for. Obrigado!

Mascote 
1 - 2014 foi um ano super positivo em vários aspetos, a nível geral, muitos trabalhos a sair com qualidade, aconteceram passos importantes, mais um ano a abrir várias portas, concertos com qualidade, velha e nova escola cada vez mais conectados nas varias vertentes, e isso é muito importante para a cultura de todos. 
De negativo, talvez só o facto de que queria ter 2 Eps e acabei por não os conseguir lançar ainda este ano, por vários motivos, mas estão prontos e no início de 2015 vão estar disponíveis. 
2 - Engraçado que acabei por responder a isso na pergunta anterior, mas espero que aconteça muito mais do que esses dois Eps. 
Outra questão positiva que acabei por não me lembrar é que finalmente consegui ter o meu Home-studio, ou seja, tudo pode acontecer, ahhaha... provavelmente vão surgir certas colaborações quem têm estado pendentes.
3 - A fasquia vai aumentar como sempre. Prevejo um ano de muitas revelações.
4 - Saudações Algarvias a todos os manos e manas que nos trazem inspiração e motivação pra continuar a criar a nossa arte. saúde e sucesso a todos, one love

Max Oliveira – Momentum Crew
1 - Positivo a quantidade de bons eventos de Dança Urbana e Bboying que existiram ao longo deste ano. Negativo o facto de os apoios ainda serem escassos aos eventos. 
2 - Sim Momentum Crew vai tentar objetivos competitivos de crew va crew e dedicar a um ano intenso de exportação de produção de eventos e espetáculos. Nomeadamente para Asia e Africa. 
3 - Uma nova explosão e surgimento de novos potenciais talentos. O HipHop vai voltar a ter lugar de destaque a diversos níveis em 2015. 
4 - Sim... Vamos fazer de 2015 um ano cheio de conteúdo artístico e bons eventos. Apoiem. Paz 

MK Nocivo - Anomalia
1 - De positivo tenho de voltar a realçar os eventos do Ser Humano sem dúvida alguma, pois demonstram o poder do nosso Movimento e que este pode mesmo salvar vidas! A destacar também a evolução da Liga Knock Out e o surgimento de outras iniciativas como por ex o "Open Mic" da HHSE e também a Freestyle King da parte do Del Tó, espero mesmo que continuem por muitos bons e longos anos! Em relação ao negativo, penso não ser ninguém para apontar defeitos...
2 - Em 2015 vai sair o meu novo álbum e algumas novidades por parte de Anomalia. Mais não posso revelar para já.
3 - Pah previsões, vão sair aí uns álbuns potentes dos quais muita gente está à espera, seria injusto nomear alguns porque tenho a certeza que me vou esquecer de outros...,mas o que eu desejo para 2015 é mesmo que venham com bom rap! Se calhar menos quantidade e mais qualidade! E que se deixem de guerrinhas e de alimentar ódios porque isso não traz nada de bom para o movimento, apenas nos faz regredir!
4 - Continuem a apoiar o HipHopWeb para o ajudar a crescer cada vez "Mais E Melhor", contribuam com info que achem relevante, eventos, fotos, musica, whatever! Sei que todos falam de União, Movimento e Família mas o meu conselho é: falem menos e ajam mais! Obrigado a quem segue o meu trabalho e quem me apoia! Estamos juntos! One!

Né – Barrako 27
1 - A nível pessoal , ou seja , quanto a Barrako 27 , foi um ano muito negativo, visto ter lançado um duplo álbum ( cd e dvd ) não recebi o feedback merecido e o reconhecimento merecido, visto que também poucos convites para concertos tive relativo a esse trabalho, contudo foi um ano de novidades da nova escola q já é bem positivo e também um ano cheio de lançamentos , provando assim q o Hip Hop está bem vivo
2 - O lançamento do novo e 10º Álbum de Barrako 27 com uns videoclips a mistura e com participações sempre especiais de artistas de grande nível como sempre
3 - Alem de lançamentos há muito esperados de outros artistas , espera se também um ano em que os promotores musicais se focam no buzzz das rádios e tv´s e não tanto no rap mais underground mas pronto , é o que há
4 - A respetiva mensagem de agradecimento só os meus fieis fans e amigos , e q seja um ano de oportunidades para o reconhecimento de quem realmente trabalha em prol da cultura e não só do seu cu...!! Passo a expressão

Nocas Infinito
1 - Como positivo destaco o álbum do Minus "Árvores, pássaros e almofadas" e o álbum do Bob The Rage Sense "Ordem depois do caos". Como negativo destaco toda a azeiteirada que se fez durante este ano e que nem vou comentar...
2 - Em 2015, vou começar a escrever o meu novo álbum.
3 - Acho que a azeiteirada vai continuar infelizmente...
4 - Ouçam bom rap e não papem tudo o que vos põem à frente!

Perez – Matilha 401
1 - No ano 2014 o que destaco como positivo é terem saído vários projetos de vários artistas que inovaram ou "evoluirão" e aumentaram a fasquia no game, vejo como positivo também o facto que ter sido um ano de muita revelação em termos de mc's e crews novas que apareceram ou se revelaram em 2014 é importante o movimento e a cultura Hip-Hop continuar a crescer.
2 - No início de 2015 irá sair a minha Mixtape Street Selecta, irei também lançar um álbum de originais.
3 - No meu ponto de vista o Hip-Hop Nacional só tem tendência a crescer e a evoluir, acredito que 2015 será um ano como muita novidade e surpresas nesta cultura.
4 - Cada um faça a sua parte se todos fizermos a nossa, ficamos mais perto do próximo passo.

Poeta de Rua
1 - Positivo: cada vez mais Hip/Hop está junto dos jovens. O conteúdo positivo e com destaque para os valores espirituais está mais próximo de uma geração que sinto precisar de ser rodeado desse tipo de discursos. Mensagens deste tipo rodearam a minha juventude e hoje, continuo ouvinte e reconheço também que teve também um fator educacional.
Mais coisas positivas, presença de HipHop em cada vez mais eventos. Destaco o Mundo Segundo no TedX nas Caldas da Rainha.
2 - 2015 continuará com muitas surpresas. Não enquanto "Poeta de Rua", que tenho o projeto em "stand by". Neste momento estou muito concentrado no estúdio e em todos os Músicos que me confiam os seus trabalhos. Seja enquanto Produtor ou em Audio Eng. (Gravar/Misturar/Masterizar ou Produzir). O ano passado em resposta a estas 4 perguntas á HipHopWeb disse algo parecido numa pergunta do género, o que é certo é que foram trabalhados mais de 10 discos / 5 eps / 30 singles. Já imaginaste isso?
3 - A previsão passa por aperfeiçoar o que vemos hoje. Focar o agora e ver como será quando estiver mais profundo. Vejo que cada vez mais pessoas "fora do HipHop" vão respeitar o discurso que bons Rappers têm. Vão perceber que HipHop também é uma reunião de muitos estilos num só. Vão intender que o Sample é um tributo aos discos com pó. Um renascer com respeito ao passado! Muito bonito.
4 - Sonhar é tudo na Vida. Bom Natal e um Ano Novo com tudo que de melhor a Vida tem. Família e Amigos, muita Saúde e Paz.

Rato 54
1 - 2014 foi um ano positivo com bons discos lançados e excelentes eventos, confirmando-se assim o excelente estado de saúde que o movimento hiphop vive a norte que é o único que conheço. Em termos negativos, o que tenho a dizer está guardado para uma mixtape que espero fazer assim que terminar o meu disco.
2 - Em 2015 espero que saia o meu disco e o dos Doink que já está a ser trabalhado a algum tempo entre outras coisas que prefiro não revelar até ter certezas de que acontecerão.
3 - Não gosto de prever o futuro mas tenho a dizer que se todos se mantiverem unidos como uma grande família sem filmes e sem lobbies evoluirão todos de uma forma fora do normal, os discos e mixtapes serão muito melhores e os eventos terão mais magia e mística o que fará de 2015 bem melhor que 2014
4 - Desejo que tenham saúde porque enquanto houver saúde está tudo bem. Abraço a todos.

RealPunch - Tribruto
1 - Falando por mim, foi um ano bom. Apesar do arranque ter sido um tanto complicado, acho que acabou em grande. Posso falar por Tribruto, e conseguimos lançar um grande álbum! A nível de rap nacional, também acho que foi bom no geral! Tivemos hip-hop por todo o lado, desde festivais a festas de praia. Acho que toda a gente que faz parte desta cultura está de parabéns porque estamos a chegar mais longe do que antes. Se é da forma correta? Se calhar nem sempre, mas cabe a nós provar qual a forma mais acertada. 
2 - Tenho alguns projetos na calha que eram para ter saído em 2014, mas certamente irão ver a luz do dia em 2015. Posso adiantar que irei lançar um projeto com o dB (produtor de Gaia). O resto sairá a seu tempo.
3 - Espero que continue com a mesma força que 2014, mas de forma mais coesa. Espero que também exista mais pessoal a fazer as coisas com pés e cabeça. Acho que os sinais de 2014 indicam isso.
4 - Continuem a apoiar o hip-hop nacional. Comprem os cds dos músicos que vocês realmente gostam, vão a todos os concertos que possam, pois eles precisam do dinheiro para continuarem a surpreender naquilo que fazem. Deixem de partilhar vídeos de músicas de gajos que entram em reality shows, partilhem o que realmente precisa de exposição! 
Estabeleçam objetivos, cumpram metas. Força e vontade é o segredo!

Reflect - Kimahera
1 - Em Fevereiro deste ano vi a vida levar-me a minha namorada Carolina e por esse motivo mantive-me mais afastado “do mundo”. No entanto e respondendo à questão a título pessoal, aconteceram algumas coisas muito positivas. Vivi um momento muito bonito no Hard Club, aquando do SER HUMANO III. Assinalando o dia em que faria 23 anos (21 de Junho), fiz um grande espetáculo com orquestra e lancei o livro “De mim para mim” com os textos da Carolina. Desde o seu lançamento e após ter encerrado a tour do álbum “Reflect” nesse dia, tenho-me dedicado ao livro e a divulgá-lo um pouco por todo o país através das apresentações que foram acontecendo.
Apesar de tudo e graças ao trabalho de todas as pessoas que trabalham comigo, o ano não terminou sem mais uma edição Kimahera – o segundo álbum dos Tribruto - Chavascal.
2 - Em 2015 vou continuar com as apresentações do livro da Carolina. Para além disso, vou acompanhar os Tribruto ao vivo sempre que possível. A Kimahera comemora 10 anos de vida no próximo ano e estamos a planear um evento em grande para assinalar esse feito. Divulgaremos mais pormenores quando chegar a altura. Estou também a planear algo em grande para o “encerramento” do ciclo de apresentações do livro. Como Reflect, a seu tempo.
3 - Que os artistas que fazem parte desta cultura continuem a inspirar-me através dos seus trabalhos. É só isso que espero.
4 - “Ponham sentido em tudo o que fazem.” – Carolina Tendon

Sagaz – Micro
1 - Foi um ano positivo em geral com o crescimento de alguns jovens Mcs de Norte a Sul do País e a presença cada vez mais massiva de Hip Hop nos grandes Festivais.
Negativo - O publico jovem que está aderir ao nosso hip hop denota muitas vezes falta de conhecimento e começa mal...no entanto acho que o papel de instruir tem de passar por vocês que detém o poder de comunicação em transformar uma multidão de ignorantes em membros atualizados e informados de todas as nossas vertentes e riqueza da nossa cultura.
2 - Em 2015 teremos um ano forte na Microlandia, vou lançar o vol.2 do Eterno em formato cd, temos em preparação o álbum dos Micro e a Edição do meu solo disco Face a Face....e mais algumas novidades ainda em ebulição. 
3 - Prevejo um ano muito forte com muitos álbuns fortes a sair nos quais destaco o Mundo e Sam the Kid, Fuse, Micro e Jimmy P.
4 - Continuem ligados, pesquisem e analisem a história do hip hop nacional e não só e sejam sinceros em tudo o que fazem inclusive na Música. 

Sagespectro
1 - Primeiro senão o mais destacável de 2014 é sem dúvida a inclusão do hiphop na grande maioria dos festivais de música nacional, de norte a sul o hh esteve sempre presente e isso é muito positivo. Recebemos grandes nomes internacionais com adesão massiva do público. Em 2014 fizemos 10 anos do lançamento do nosso primeiro EP foi especial para nós. Negativo? Hmm não gostamos de pensar em coisas negativas  
2 - Ainda nos encontramos na ressaca do nosso último trabalho, para já não temos nada anunciar. 
3 - com abertura de espaço para o hh nos festivais e discotecas penso que isso irá influenciar um pouco o "género" musical por isso esperemos que a diversidade tb esteja presente nos festivais. 
4 - Continuem apoiar e consumir hh em 2015 como tem feito até agora. Bom ano pra todos.

Sky – Awsum
1 - Falando da minha carreira musical em particular, foi um ano cheio de concertos com o meu mais recente projeto "Awsum", lançamento de músicas novas, videoclipes e nova formação de banda.
Negativo: O meu pouco tempo para apostar em mais projetos que tinha em mente.
2 - Sim, desde que me conheço que tento fazer de cada ano o melhor mas em 2015 pretendo investir novamente na minha carreira a solo. 
3 - Cada vez mais firme e credível, sabemos quem são os líderes e sabemos que têm feito um trabalho impressionante. Destaco DealemaJimmy P, Valete, entre outros que chegaram a um patamar que há uns anos atrás nunca pensamos que
seria possível. Deixa-nos cheios de orgulho.
4 - Que continuem a apoiar a música portuguesa, não só porque temos projetos incríveis mas porque o vosso apoio é fundamental.
Vemo-nos por cá! Votos de bom ano.

Sonny Porte – Gatos do Beko
1 - Eu tento sempre não analisar pontos negativos, 2014 foi um ótimo ano para o Hip Hop Tuga, penso que desta vez e este Ano o Hip Hop após anos de luta finalmente "saltou ca para fora" com a ajuda do trabalho de muitos de Nos, e isso é bom para todos, viemos para ficar.
Gostava de salientar que o Hip Hop não vive só do Mc mas de B-Boys, Writers e Djs e como tal gostava de ver esse numero a aumentar porque parece-me escasso. 
2 - Em 2015 lanço o meu Álbum de Estreia.
3 - 2015 vai ser um Ano fortíssimo para todos que trabalham nos seus projetos, prevejo que este ano que vem o Hip Hop seja a maior força cultural no País.
4 - Espero que com tanta novidade e meios que ha uns anos não tínhamos, todos os que nos seguem e apoiam continuem a acreditar na essência da Cultura e façam isto crescer cada vez mais de forma a que Portugal faça barulho no Mundo. Um Bom 2015 para Todos, Paz. Desde o tempo das Cassetes, 12.2.7

Stray - Monster Jinx
1 - Foi um bom ano para a Monster JinxChegamos a grandes palcos, lançamos artistas novos, chegamos a outros públicos. O lado foi, como sempre, continuarmos a ser catalogados como "o pessoal do hip-hop esquisito".
2 - 2015 vai começar com a "Monster Minx na K7", um álbum colaborativo dos membros da Monster Jinx. Há muita coisa mais, mas esta é a peça central para já.
3 - Previsões? Não faço ideia. Espero que continue a crescer, que mais artistas sejam expostos ao público geral, que a diversidade que o nosso hip-hop tem seja representada nos media. Mas isso não vai acontecer. Prevejo que continue tudo igual.
4 - A minha mensagem é simples: não comam só o que vos chega ao prato facilmente.

Third – DNT
1 - Positivo é sempre o sangue novo que surge cheio de talento e energia para evoluir e darem o seu contributo a cultura hip hop. E neste ano tive essa prenda por parte de todas as vertentes. Outra boa notícia foi ver os mesmos que nos acompanham há mais de 15 anos a continuarem esta luta de fazer o movimento crescer e prevalecer. 
O negativo não me prejudica por simplesmente ser uma barreira que tento ultrapassar. Por isso não tenho nada apontar de negativo.
2 - O único projeto pessoal que posso partilhar é garantir que vou lutar para no próximo ano poder mostrar algo mais. 
3 - A minha previsão para o próximo ano é um ano cheio de trabalho e projetos, para continuar a expandir a cultura hip hop portuguesa, que já tem o seu movimento solidificado e pronto para atravessar as fronteiras.  
4 - Acreditem no vosso projeto , ninguém nasce com talento sem o trabalhar e garanto se dedicarem 10.000 horas a dançar, cantar, pintar, produzir,etc... Conseguem ser o sangue novo que destaco deste ano 2014.

TNT – M.A.C.
1 - Destaco como positivo o regresso de uma série de rappers e bandas que gosto, tais como Beware Jack e Tribruto, assim como a possibilidade de ver e ouvir artistas de rap nacionais e internacionais em vários palcos portugueses. É uma grande evolução. Pessoalmente foi um ano em cheio com o lançamento do álbum “Unhas e Dentes” e do EP “Memento” assim como a concretização da plataforma Mano A Mano, que trará muitas novidades em 2015. 
Como tudo tem os seus contras, tenho assistido a uma degradação e banalização do Rap. Não me identifico com a postura “make money” e com o “Pop-Rap” que alguns artistas fazem para agradar a massas, acho que conduz à estupidez coletiva. Mas tendo em conta que está na moda, acaba por ser inevitável. Felizmente o Joey Badass está ai para nos trazer de volta aos 90.
2 - Vou lançar novo disco a solo, ainda sem título, e se tudo correr bem M.A.C. irá lançar um novo trabalho na segunda metade de 2015. Através da Mano A Mano teremos o lançamento do Nerve, MLK (o Mau Aluno), Blasph & Beware e ainda uma promessa da nova escola de Almada, TOM. 
3 - Aguardo o disco do Deau, porque sei que vai estar bom. Continua à espera do projeto do Sam com o Mundo e estou curioso com alguns dos nomes da Astro Records. E quero ver até onde chegam alguns dos artistas que gosto e admiro, em termos de projeção nos media e em festivais de música.
4 - Façam mais e melhor, elevem a fasquia, não caiam nos lugares comuns, não cedam às críticas, se todos gostássemos do mesmo a vida era uma seca.

Wuser
1 - O Mais Positivo do Ano de 2014 Foi Saber que Posso Contar Com Os Meus Verdadeiros Amigos, eles Sabem quem são não Preciso de citar Nomes.
O que Achei De Negativo, Foi Me Aperceber Que Admiradores de Hip Hop, Já não Veem os mcs Pela Mensagem Mas Sim Pela Imagem ou Seja Avaliam um Mc Pelo Vestuário
2 -Tou a Preparar uma Mixtape que Vai Ter Algumas Participações de Norte Ao Sul Do País.
3 - Muitas Festas Muito Movimento Hip Hop Nas Salas de Espetáculo, Paz e Amor Acima de Tudo.
4 - Quero Mais Criação de Mc´s, Bboys, Raiters, Dj´s,Beat Box e Muitos Produtores, Façamos Fazer Dela a Maior Cultura do Mundo

XL – Zona Centro
1 - Positivo: O Hip-Hop Tuga aproxima-se cada vez da qualidade internacional a nível de áudio, vídeo e live performances. Houve finalmente reconhecimento para artistas que já vão a caminho das duas décadas de atividade. Somaram-se mais conquistas nos meios televisivos, radiofônicos e imprensa.
Negativo: Apesar de todos os distritos fazerem esforços na promoção e divulgação do movimento hip-hop em Portugal, ainda não se conseguiu derrotar a centralização. Este desequilíbrio atrasa a evolução, a coesão e a credibilidade do nosso movimento. Continuam a realizar-se os mesmos festivais nas mesmas cidades, e a convidar-se sempre os mesmos artistas. Isto é contraditório ao hip-hop. O hip-hop nasceu para combater a segregação, a discriminação, lutar pela igualdade de oportunidades e não para formar «elites» o que infelizmente não se está a verificar. Os organizadores de eventos e os artistas devem olhar para o hip-hop do norte, centro e sul, e não apenas para duas cidades.
2 - Em 2015 sairá o disco «Xpressão Lírica» interpretado em Língua Gestual Portuguesa, para download gratuito em www.xlzonacentro.com
Site Oficial do XL www.xlzonacentro.com
3 - Não posso fazer previsões, mas posso desejar que 2015 traga igualdade ao movimento hip-hop em Portugal, mais apoio, mais público, mais partilha, mais respeito, mais maturidade, mais oportunidades, mais divulgação e mais reconhecimento.
4 - Continuem a apoiar o HipHopWeb que bem tem servido, promovido e divulgado o hip-hop nacional. Partilhem as vossas novidades e contribuam para o site crescer. Entrem em 2015 com o pé direito e realizem os vossos sonhos. São os votos do XL, da Zona Centro.

Youth/Ridículo – Mundo Complexo/Dedicated Porto
1 - Positivo e negativo em relação ao quê?
2 - Projetos, sim existem mas serão segredo, mas para já uma exposição no Gallery Hostel , porto em 17jan 2015
3 - O panorama do hip hop em portugal , será lento como os caracóis :-), penso percebes
4 - PEACE, LOVE AND UNITY! 

Zero – Partícula 
1- Como positivo destaco o alcance que o hip hop (o movimento em geral) teve nos meios de comunicação e da forma como esteve presente em cenários e eventos bastante distintos do que estávamos habituados, de Negativo aponto apenas para o regresso da "moda" de ouvir rap e a falta de coerência no que conta ao real apoio (ouvintes) dos artistas nacionais. 
2 - 2015 Pretendo tocar mais vezes o último álbum que lancei em janeiro, visto que tive praticamente o ano todo fora de Portugal e tornou-se difícil de conseguir datas para atuar. Tenho também mais umas ideias a serem cozinhas mas nada de concreto para já... 
3 - Como diz o outro: “previsões só no fim do jogo" 
4 - Tal como eu, continuem a seguir e a apoiar a HipHopWeb, pois è muito difícil encontrar pessoas dedicadas a divulgar o trabalho de todos artistas nacionais, sem cunhas, sem segundas intenções... Desde de 2002 fiéis a nosso cultura!! 
Abraço

Zulu – Quartel 469
1- Fazendo uma retrospetiva de 2014, de positivo, destaco os eventos que foram organizados ao longo do ano, o que pra mim foi negativo em 2014, foi essa onda de crunk's e trap's com rimas que não dizem nada que tem vindo a aparecer, pessoalmente acho isso bastante negativo.
2 - Para 2015, vem aí o meu álbum, que será inteiramente produzido pelo relax e riscado pelo dj e também conta com algumas participações.
3 - 2015 acho que vai ser um ano de muitos projetos, mas com ondas muito estranhas.
4 - Apoiem quem realmente merece e boas festas a todos e um bom 2015

Obrigado a todos que que responderam as nossas perguntas.
Existem mais artistas que ficaram de responder, quando responderem serão acrescentados aqui suas respostas. 

Partilhar
Google+