Crítica de Lil Wayne a NY causa mal-estar entre políticos

''Simplesmente não gosto de Nova York'', disse o rapper em recente entrevista ao canal de televisão ''MTV''
Nova York - A declaração do rapper Lil Wayne afirmando que não gosta de Nova York causou mal-estar entre políticos locais e autoridades da cidade, que planejam pedir ao artista que se desculpe.
''Simplesmente não gosto de Nova York'', disse o rapper em recente entrevista ao canal de televisão ''MTV''.
''O movimento hip-hop nasceu nas ruas de Nova York e milhões de nova-iorquinos ouvem sua música diariamente. Seus comentários enfureceram seus fãs e vamos pedir que se desculpe'', afirmou nesta quarta-feira o senador estadual Malcolm Smith em comunicado de imprensa.
O senador deve se reunir nesta quarta com responsáveis do escritório de turismo da cidade e da organização ''The Hip-Hop Summit Youth Council'' para pedir ao rapper que se desculpe.

Lil Wayne, ganhador de vários prémios Grammy, passou um tempo preso em Nova York em 2010 depois de ser condenado a um ano de prisão pela posse ilegal de armas, crime pelo qual se declarou culpado em 2009, evitando assim que sua pena fosse maior.
Dwayne Carter, verdadeiro nome do artista, lançou seu álbum ''Rebirth'' semanas antes de entrar na prisão. Seus problemas com a Justiça de Nova York começaram em 2007, quando uma arma carregada foi descoberta no ónibus que o transportava em uma turnê musical.

Partilhar
Google+