Rapper Freddy E se suicida após 'pedir perdão' no Twitter

O rapper Freddy E morreu neste sábado (5) após publicar uma série de mensagens em tom de despedida em seu perfil no Twitter. De acordo com o jornal "The Seattle Times", o músico aparentemente cometeu suicídio usando uma arma de fogo, teriam informado autoridades locais. Freddy E – cujo nome verdadeiro era Frederick E. Buhl e tinha 22 anos – era de Seattle. Em seu último post, ele escreveu: "I'm sorry" (Sinto muito, em tradução livre). Pouco antes, havia publicado: "Deus... por favor me perdoe".

Ele também declarou amar os pais e fez menção ao ato de "colocar o dedo no gatilho". "Se existe um Deus, então Ele está me chamando de volta à casa. (...) Está frio & eu prefiro morrer a viver sozinho", Freddy chegou a antecipar. De acordo com BET.com, Buhl tinha acabado de terminar um relacionamento com a rapper Honey Cocaine, e seria essa a provável razão de seu estado emocional.

 

A reportagem do site informa que a ex-namorada recorreu ao Twitter para se defender de acusações. "Dizer que causei o que aconteceu é ignorância. Vocês não sabem nada sobre nossa amizade ou sobre a história, me odeiem se quiserem. Nós amávamos um ao outro", publicou Honey Cocaine. "Digam que foi culpa minha, me ameacem, tudo bem. Eu o conhecia o suficiente para saber que havia outras coisas acontecendo. Eu estive ao lado dele todo o tempo", prosseguiu. "As pessoas pensam que fazem alguma ideia, mas isso não é da conta delas. Descanse em paz, meu anjo, meus pêsames."

O episódio envolvendo Freddy E ocorreu pouco depois de um evento similar envolvendo outro rapper. Na véspera do Natal passado, Capital Steez – que tinha 19 anos e fazia parte do coletivo Pro Era – morreu após postar "The end" em seu perfil no Twitter. 

 

in G1

Partilhar
Google+