Rapper Chris Kelly, do Kris Kross, morreu de overdose, confirma laudo

Cantor de dupla de sucesso nos anos 90 morreu em maio, aos 34 anos.
Autópsia encontrou 'mistura de drogas' em seu organismo. 
Um exame sobre a morte do rapper Chris Kelly confirmou que o ex-membro do Kriss Kross teve uma overdose. Uma "mistura de drogas" foi encontrada em seu corpo, diz laudo divulgado na segunda-feira (1º).
Não foram especificados os tipos de drogas, mas um relatório policial diz que a mãe do rapper, que tinha 34 anos, informou que ele usou cocaína e heroína no dia de sua morte. 
Chris foi encontrado inconsciente em sua casa e foi declarado morto no Hospital de Atlanta no dia 1º de maio.

Kelly e Chris Smith chegaram ao estrelato em 1992, com “Jump”, que passou oito semanas no topo da Billboard Hot 100. No mesmo ano, eles abriram a turnê mundial “Dangerous” de Michael Jackson. Aos 34 anos, ele agora integra um numeroso grupo de artistas do hip hop que morreram cedo, como Notorious B.I.G., Tupac Shakur, J Dilla, Guru, Eazy-E, Charizma, Big L e Left Eye.

in G1

Partilhar
Google+