Oeiras vai ter seis espaços para graffiti

A autarquia pretende afastar a ideia de que o graffiti é uma forma de vandalismo.
O concelho de Oeiras vai dispor de seis espaços onde será possível e legal fazer ‘graffiti’, que a Câmara Municipal quer promover como uma forma de arte urbana, anunciou hoje o município.
Em comunicado, a autarquia pretende afastar a ideia de que o graffiti é uma forma de vandalismo, “elevando-o ao estatuto de arte urbana”, disponibilizando dois locais na freguesia de Paço de Arcos e quatro em Caxias onde a sua prática será incentivada.
O edifício do Centro de Convívio da Santa Casa da Misericórdia, no Jardim Municipal de Paço de Arcos, e a parede exterior do polidesportivo do Alto da Loba, na Rua Instituto Conde de Agrolongo (freguesia de Paço de Arcos) e, na freguesia de Caxias, na Rua Álvaro Esteves, no Alto do Lagoal, Avenida João de Freitas Branco (antigo terreno da ‘Familiar’), em Laveiras, Rua Maria Albertina e Rua Belo Marques, no Bairro Dr. Francisco Sá Carneiro e o túnel da Praia do Lagoal são os locais abrangidos pela iniciativa “Graffita Só Aqui”.

Segundo o comunicado da Câmara de Oeiras, “o projeto vai permitir a disponibilização de locais onde fazer ‘graffiti’ será não apenas permitido mas mesmo incentivado, enquanto meio de valorização do espaço público, combatendo o preconceito associado à destruição do património”, uma iniciativa que pretende assinalar o Dia Internacional da Juventude, que hoje se celebra.

Os locais onde vai ser possível fazer ‘graffiti’ estarão identificados, onde “mediante o cumprimento das normas de participação, todos poderão, livremente e de forma conscienciosa, dar largas ao seu talento e imaginação”.

in Jornal I

Partilhar

Artigos Relacionados

Google+