Rapper DMX é preso nos Estados Unidos

Segundo TMZ, ele foi detido por 'conversão proibida' e posse de maconha.
Durante ação, músico teria sofrido ataque de asma, mas passa bem. O rapper DMX foi preso na noite desta terça-feira (20) na Carolina do Sul, Estados Unidos, informa o TMZ. De acordo com o site de celebridades, ele parecia bêbado e estava no banco do passageiro de um veículo que foi parado pela polícia após uma conversão proibida.
Ao fazer a revista, os oficiais teriam encontrado maconha dentro do carro e colocado algemas no cantor. Teriam verificado ainda que um mandado anterior por direção sem carteira de habilitação. Em razão disso, informaram que DMX, cujo nome verdadeiro é Earl Simmons, iria para a cadeia.

Os policiais o descreveram como "muito agressivo com as palavras" e disseram que "fez várias ameaças". Ao reagir à abordagem, o músico teria reclamado da situação, enquanto uma amiga gravava um vídeo de tudo que estava ocorrendo. 

"Esta não é uma blitz normal!", gritou o rapper, citando "18 policiais, 5 viaturas", diz o TMZ. O rapper também pede ao oficial que "dê o fora" e alega que "o motorista não fez nada de errado – o carro não deveria ter sido parado, para começo de conversa".

O site informa que, em dado momento, o rapper afirma que está suando excessivamente. DMX teria tido um ataque de asma e fazendo com que paramédicos fossem chamados. "Ele está bem agora", descreve a reportagem.

Segundo o TMZ, DMX foi conduzido à cadeia de Greer County e deve se apresentar ao juiz ainda na manhã desta quarta-feira (21). Fontes policiais teriam afirmado que ele deve ser sentenciado a 15 dias de prisão, mas a pena pode se reduzir a dez dias, em caso de bom comportamento.

Sete meses preso em 2011
Em julho de 2011, DMX foi libertado de uma prisão no Arizona depois de passar sete meses atrás das grades por violar sua condicional. O rapper saiu de uma cadeia em Yuma, no extremo oeste do Arizona, e foi recebido por um membro de sua equipe de administração, um segurança e um motorista, disse a empresária Nakai Walker à Reuters por telefone.

"As primeiras palavras dele para mim foram: 'Voltei para casa'", afirmou na época a empresária Nakai Walker, acrescentando que Simmons telefonou para sua mulher assim que foi solto e pretende ver sua filha, com 2 meses de idade na ocasião. "Posso lhe dizer uma coisa: ele não vai voltar para a cadeia", disse Walker.

DMX havia sido preso em dezembro de 2010 depois de dizer a um juiz que tinha desobedecido as normas de sua condicional ao tomar bebida alcoólica em um show em Scottsdale, Arizona.

Ele tinha recebido liberdade condicional por uma tentativa de agressão qualificada e por usar um nome falso para evitar pagar uma conta hospitalar de US$ 7,5 mil. DMX, autor de álbuns como "It's dark and hell is hot" e "Flesh of my flesh, blood of my blood", tem um longo histórico de problemas com a justiça no Arizona.

in G1

Partilhar
Google+