5-30, novo grupo do hip hop nacional, edita primeiro álbum

Os músicos Fred Ferreira, Carlos Nobre e Regula juntaram-se para formar os 5-30, um novo grupo do hip hop português, que edita, na segunda-feira, o álbum de estreia, homónimo.
Fred Ferreira, baterista dos Orelha Negra e dos Buraka Som Sistema, deu o primeiro passo para a criação deste novo grupo, como contou à agência Lusa: "Queria experimentar fazer músicas para o Carlão voltar a cantar. Queria um disco com ele, tinha saudades de o ouvir".
Carlão é Carlos Nobre, fundador dos Da Weasel, que criou o projecto Algodão, depois do fim daquela banda. A ele, em 5-30, junta-se o MC (mestre de cerimónias) Regula, com quem Fred já tinha trabalhado.

5-30, que prosaicamente se refere ao número da porta do estúdio onde o disco foi feito, tem aqueles três músicos no núcleo duro, mas no álbum estreia entram ainda outros convidados, como Sam The Kid, Mel Hebers e Richie Campbell.

O álbum, onde há referências a mulheres, sexo, drogas e ambientes do mundo da noite, levou Fred Ferreira a trocar a bateria por instrumentos electrónicos: "Ganhei alguma coragem, dediquei muito tempo de estudo para mexer bem nas máquinas", juntando "beats" e ritmos. Ritmos que foi criando.

O comunicado de imprensa da editora que os anuncia, refere que o álbum "5-30" é "um disco de agora", no panorama do hip hop português.

Fred Ferreira agradece o elogio, mas sublinha que "o hip hop português está [há algum tempo] numa forma muito boa, como se calhar nunca esteve".

"Só quis tentar fazer músicas de que gostasse", rematou.

O novo trio deverá anunciar para maio os primeiros concertos de apresentação de "5-30", que inclui canções como Chegou a hora", "Vício", "Pitas querem guito" e "Já estive aqui".

in Sol 

Partilhar
Google+