Cantor norte-americano diz que "só há violação se vítima estiver consciente"

O cantor norte-americano CeeLo Green afirmou esta terça-feira que só existe violação quando a vítima está consciente. A declaração foi feita na conta pessoal da rede social Twitter.
O cantor fez a publicação com o intuito de se defender das acusações sobre um incidente em 2012, em que Green alegadamente drogou com ecstasy uma jovem mulher, que acordou nua na cama do cantor.
CeeLo Green foi recentemente condenado a três anos de prisão por posse de droga, com pena suspensa.

A alegada vítima afirmou ter acordado nua na cama do cantor, com quem jantou, e garante ter sido drogada, motivo pelo qual diz não se recordar do que se passou, o que acabou por inviabilizar a acusação.

O cantor norte-americano alimentou ainda mais a polémica na sua conta do Twitter, respondendo aos fãs que "as pessoas que foram realmente violadas lembram-se!".

As declarações tornaram-se virais e CeeLo Green acabou por apagar os comentários e pedir desculpas, afirmando que "nunca toleraria violência contra qualquer mulher".

O cantor atuou na edição de 2013 do festival Meo Sudoeste.

in SIC Noticias

Partilhar
Google+