'Não preciso ter cara de mau para falar a verdade', diz rapper Renegado

Mineiro que mistura samba e soul ao rap mostra novo CD na sexta, no Rio.
Artista vai cantar no Black2Black de Londres e no Central Park, em NY.
O adjetivo no nome de Flávio Renegado não chega a se aplicar ao espaço que mineiro tem no mundo rap, mas ele ainda “come quieto” em um cenário dominado por paulistas como Criolo e Emicida. Com um estilo pouco “revoltado” — característico de muitos rappers — e influências de ritmos como samba, soul e reggae, acha que não precisa fazer “cara de mau” para se expressar e diz que não pretende ser unânime.

 Na estrada com o segundo disco, “Minha tribo é mundo”, faz show de lançamento nesta sexta-feira (27) no Teatro Odisseia, na Lapa, Centro do Rio de Janeiro, em uma das últimas apresentações antes da turnê internacional, que o levará ao festival Back2Black no fim de junho, em Londres, e ao Central Park, em Nova York, em Julho.

in G1

 

Partilhar
Google+