Dança: A rota mundial do bboying passa por Matosinhos

A Red Bull BC One é uma das competições mais importantes do mundo ao nível do bboying e a viagem até ao vencedor passa este ano por Matosinhos. O JPN entrevistou Deeogo, um dos bboys portugueses que vai competir.

A Red Bull BC quer descobrir "The One", ou seja o melhor bboy do mundo. Numa modalidade de dança urbana surgida nos anos 70, a habilidade e força excecionais aliados a uma capacidade artística e carisma são características essenciais para se integrar o projeto da Red Bull.
Com a primeira edição na Suíça, em 2004, o Red Bull BC One já passou pelas pelos quatro continentes, com finais decorridas nas maiores cidades do mundo: Nova Iorque, Tóquio, Joanesburgo, Paris, São Paulo e Berlim.
Este ano, os praticantes serão avaliados em mais de 60 provas, em 45 países diferentes, que terão de passar seis eliminatórias até chegar à final, a realizar no Rio de Janeiro.

Miguel Silva, responsável pelo projeto Red Bull BC One Cypher em Portugal, defende que a competição "é uma oportunidade para mostrar a qualidade do bboy nacional em termos internacionais e um balão de oxigénio para eventos futuros nesta área". "Traz algo de bastante positivo para a comunidade de bboys em Portugal", diz.
"É um dos eventos mais importantes no calendário de bboying a nível mundial. Nos últimos anos temos tido sempre um finalista, há sempre oportunidade para os melhores chegarem ao topo e os bboys portugueses estão lá", afirma Miguel.
A eliminatória portuguesa realiza-se a 27 de abril na Exponor, em Matosinhos, onde 16 portugueses vão competir pelo título de melhor bboy português, para depois rumarem, em setembro, à Holanda, na qualificação que lhe poderá valer o passaporte para o Rio de Janeiro. No local irá decorrer também "um evento paralelo de bboying, chamado Eurobattle, com 800 bboys no local".
Os 16 portugueses foram escolhidos de um grupo de 20 praticantes por um júri previamente determinado. Deeogo, membro dos Momentum Crew, é um dos participantes da eliminatória em Portugal.

in Jornalismo Porto Net

Partilhar
Google+