Valete no Hard Club [2012-12-15]

A noite de 15 de Dezembro foi absolutamente memorável para quem conseguiu estar presente no Hard Club (infelizmente muitos mais gostariam de ter estado mas os bilhetes esgotaram rapidamente) e receber, pela primeira vez no Porto, o nome de culto e referência Valete, pela Vicious Events. Com uma casa completamente lotada, esperava-se, claro, um concerto para recordar.
Antes dos concertos, teve lugar a iniciativa I AM DA CHAMPION, organizada pela Art Floor, e que consistia em battles de breakdance - arte tão intrínseca à cultura hip hop - com 16 b-boys convidados, todos escolhidos a dedo para proporcionarem um grande espectáculo. Assim foi: os b-boys iniciaram a noite da melhor forma trazendo grande nível e mostrando o seu skill ao público que ia entrando e enchendo a sala. Foi difícil para os júris - Goku, Ricardo e J-One - escolher o vencedor de cada battle mas, por fim, a decisão foi entre o b-boy Titas e Lil Devil, dois jovens promissores que, como o host e organizador desta iniciativa B-boy Aiam referiu, representam o futuro do breakdance nacional; B-boy Titas acabou por se destacar e consagrou-se vencedor da 1a I AM DA CHAMPION. 

Finalizada a competição de breakdance, Paulo Pinto, rosto da Vicious Events, anunciou o início dos concertos, pedindo a todos os presentes que demonstrassem a forma como a Invicta recebe os seus convidados. Virtus foi o primeiro a estrear o palco, acompanhado por Minus; tendo muitos apoiantes no público, mostrou claramente o seu talento, trazendo também Nocas, que se mostrou, durante a prestação de Virtus, entusiasta e apoiante do seu trabalho (juntos tocaram um tema que sairá, em breve, no álbum de Nocas). Depois, foi a vez de Rey que trouxe alguns dos seus temas mais conhecidos e deu uma exibição cheia de atitude "rude e cara podre", bem ao seu estilo. Seguiu-se DEAU que, como já nos tem habituado, teve uma prestação infalível e brindou ainda o público com um pouco de freestyle, misturando-se ainda com este num dos seus temas e conquistando, claramente, o público. Por fim, o público manifestou-se fervorosamente para receber Valete, chamando o seu nome até este entrar no palco, acompanhado por Bónus e Adamastor. Numa prestação completa, com os temas incontornáveis da sua carreira, acompanhado pelo apoio incansável do público - que cantava e rimava em conjunto com Valete, e trazendo um alinhamento de sucesso, foi inexplicável a energia e o espectáculo vivido.

Esta noite consagrou-se, certamente, como uma das melhores de 2012 e marcou um ponto fulcral no movimento hip hop português, deixando os que puderam estar presentes com a maior convicção de que o que é nacional é definitivamente bom e merece bis (esperamos que Valete possa voltar à Invicta em breve).

O HipHopWeb gostaria de agradecer à Vicious Events a oportunidade de presenciar uma data tão memorável para o Hip Hop Tuga e felicitar os artistas pela brilhante prestação.

 

Partilhar

Artigos Relacionados

Google+