Marcelo D2 no Teatro Tivoli BBVA [2014-05-07]

O Teatro Tivoli BBVA Marcelo D2 para o concerto de apresentação de "Nada Pode Me Parar", o seu mais recente álbum.  O espectáculo iniciou-se com estas palavras de Marcelo, quando ainda não tinham aberto as cortinas: “Meu nome é Marcelo Maldonado Peixoto, mais conhecido por Marcelo D2, e Nada Pode Me Parar!”. 
O concerto arrancou com "Está Chegando a Hora (Abre Alas)" e, durante 2 horas, desfilaram músicas novas como “Eu Já Sabia", "MD2 (A Sigla no Tag)", “Você Diz Que O Amor Não Dói” e "Danger zone", esta última que, originalmente, é um dueto com o cantor Aloe Blacc e que foi cantada em uníssono também pelo público, mostrando que tinham a lição bem estudada. Mas também foram revisitados velhos êxitos como “A Maldição do Samba", "A Procura da Batida Perfeita", "Eu Tiro É Onda", "Ela Disse", "Desabafo" e "Pode Acreditar (Meu Laiá Laiá)". Houve ainda tempo para revisitar o legado dos Planet Hemp com temas como "Quem Tem Seda", "Stab" e "Dig Dig Dig (Hempa)", entre outros, e ainda cantou uma versão de "Coleção", de Cassiano, um dos nomes mais importantes da música soul brasileira.

Com um público de pé e a sala ao rubro, Marcelo D2 terminou a apresentação do novo álbum com a música "Eu Tenho o Poder" e abriu caminho para a entrada do já muito conhecido do público, Fernandinho Beat Box. “Esse cara é foda prá caralho!", foi assim que Marcelo apresentou o beat boxer, que nos presenteou com um medley que visou temas como "Walk", dos Pantera, "Seven Nation Army", dos White Stripes, "Come As You Are", dos Nirvana, ainda revisitou temas clássicos brasileiros, como "Maneiras", de Zeca Pagodinho, como "Malandragem Dá Um Tempo", de Bezerra da Silva e "Vou Festejar", de Beth Carvalho.

Marcelo reservou o final da noite para o samba, sua paixão assumida, e convidou a (grande) presença feminina a mostrar que sabia sambar e rapidamente o palco “virou sambódromo”, com uma multidão em palco a dançar e terminando assim o concerto em clima de festa! Muito bom Marcelo!

 



Fotos: Teresa Lança
Reportagem: Teresa Lança

Partilhar
Google+