Promoe no Plano B [2015-03-06]

No passado dia 6 de Março teve lugar, no Plano B, mais um evento com o cunho da VersusPromoe.
Promoe faz parte dos Looptroop Rockers, formados em ’91, juntamente com Supreme, Embee e CosM.I.C. Este rapper sueco, com background writter que se nota nos temas de algumas das suas letras, é influenciado não só pelo rap mas também pelo reggae e pela música eletrónica contando já com 8 álbuns a solo. A título de curiosidade os Looptroop Rockers têm já um currículo de 11 álbuns e 7 EP’s.

Depois de pouco mais de uma hora de atraso no início do concerto, já com a sala cheia, eis que surge CosM.I.C seguido, poucos minutos depois, de Promoe…era o princípio de uma grande noite.

 

Por volta das 00.30h, começaram com ‘Long distance runner’ estava lançado o ‘mote’ para um concerto descontraído e com muita interação entre o rapper e a audiência. Brincadeiras, piadas, caretas e cumprimentos pautaram a atuação mostrando a humildade dos grandes…dava a sensação de estarmos entre iguais e não frente a um dos grandes nomes do rap europeu. A noite foi seguindo com vários pontos altos, desde o coro em todas as frases de ‘These walls don’t lie’ e ‘Livin’ a dream’, passando pela coreografia que demonstra como Promoe e CosM.I.C gostam do que fazem e se divertem, até ao facto de, após o concerto, terem ficado na sala a dar autógrafos e a tirar fotografias com quem quis durante bastante tempo sem nunca mostrar pressa para irem embora.

Quase que faltava a mítica ‘Bandit Queen’ mas, após a explicação do porquê sentirem que a letra não faz sentido na sua atual forma de ver a mulher (acreditam que esta deve ser o que quer ser e não prender-se ao que os outros querem que ela seja), acabaram por aceder ao pedido sendo este o final de hora e meia inesquecível.

A after party ficou a cargo de Keso e Tiago Lessa verificando-se , infelizmente uma vez mais, a tendência de poucos ficarem após a atuação dos cabeças de cartaz.

 

O que fica desta noite é que, desde os primeiros acordes de ‘Long distance runner’ até aos últimos de ‘Bandit queen’, o público acompanhou as rimas, vibrou e não desiludiu com o já típico entusiasmo portuense frente à mestria de grandes nomes do rap. Obrigado pela visita Looptroop Rockers e até à próxima.



Fotos por: Ana Mendes 
Texto por: Mónika Vieira 

Partilhar
Google+